A Volvo vai paralisar a partir da terça-feira (23), a maior parte da produção de caminhões na fábrica de Curitiba, no Paraná, devido à falta de peças e ao agravamento da pandemia de covid-19 no país. A medida atinge cerca de 2 mil dos 3,7 mil funcionários que trabalham na fábrica da Volvo na capital paranaense.

A montadora disse em nota que vai manter “boa parte” do efetivo trabalhando, incluindo a produção de ônibus e uma parte da linha de caminhões, bem como a distribuição de peças a concessionárias.

Fonte: IstoÉ Dinheiro