O caos financeiro em que se encontra o Rio Grande do Norte foi apresentado nesta sexta-feira (22), pelo secretário estadual de Finanças e Planejamento, Aldemir Freire, aos membros da diretoria da Federação das Indústrias do Estado (Fiern). A reunião também contou com a presença da governadora Fátima Bezerra (PT).

No encontro, o auxiliar da petista apresentou o balanço que aponta para um déficit estimado de R$ 4,4 bilhões para o RN em 2019, levando-se em conta que o Estado possui dívidas de R$ 2,3 bilhões com servidores e fornecedores. 

Aldemir destacou que o governo só tem chance de sair da situação de total desequilíbrio fiscal em que se encontra com controle nas despesas, redução no ritmo de crescimento dos gastos e fonte extras de receitas. "Sem isso, não há possibilidade [de equilíbrio], diante da gravidade da situação".