O prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), sancionou o projeto que cria a Alameda Francisco Derneval de Sá no bairro do Alecrim. A proposta, apresentada pelo vereador Kléber Fernandes (PDT) e aprovada pela Câmara Municipal de Natal, faz uma homenagem ao ex-presidente da Associação de Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA), que faleceu em 2018. A sanção foi publicada nesta segunda-feira (17) no Diário Oficial do Município.

A Alameda Francisco Derneval de Sá fica localizada no trecho entre a Avenida Coronel Estevam e a Rua Amaro Barreto, onde já é proibido o tráfego de veículos, na lateral do camelódromo. A Prefeitura deverá, em breve, afixar placas indicativas em torno do local.

“É uma justa homenagem a Derneval Sá, que teve uma história de luta e dedicação ao desenvolvimento do bairro do Alecrim. Agora, seu nome ficará marcado e será lembrado para sempre pelas pessoas que transitam no bairro. A Alameda Derneval Sá será um espaço que terá a memória de quem sempre acreditou que o Alecrim era o coração da economia e do emprego na nossa cidade”, disse o vereador Kléber Fernandes.

A Alameda Francisco Derneval de Sá surge com o objetivo de se transformar em um novo polo cultural da cidade. O objetivo é que o local passe a receber eventos periódicos nas mais variadas áreas.

Francisco Derneval de Sá faleceu em 2018, aos 67 anos. Durante mais de 40 anos de vida, se dedicou ao comércio do Alecrim, onde comandou por décadas a Casa Sarmento, loja de artigos de viagens e material em couro que continua em funcionamento até hoje. Neste período, se transformou em um ferrenho defensor do bairro, sempre em busca de mais investimentos e melhorias para a região.

Derneval também foi diretor da Federação do Comércio do RN (Fecomércio-RN) e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL), onde era carinhosamente conhecido como “Prefeito do Alecrim”. O empresário ainda foi presidente do Lions Club Natal e do Alecrim Futebol Clube. Natural de São Paulo do Potengi, recebeu o título de Cidadão Natalense em 2015 da Câmara Municipal de Natal.