O presidente da CPI da Covid na Assembleia Legislativa do RN, deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), reagiu ao pedido de habeas corpus impetrado pelo secretário-executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas, para não depor na CPI no Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (06). Para o parlamentar, a postura é “típica de quem fez coisa errada”.

Kelps disse ainda que irá ingressar com uma ação para que o Estado não envie mais recursos para o Consórcio Nordeste. Ele entende que o Rio Grande do Norte está ‘claramente sendo lesado pela instituição’.

“Absurdo a Governadora Fátima Bezerra ainda enviar recursos para este Consórcio, sabendo que o seu gestor é acusado de desviar recursos e se recusar a prestar contas ao povo do nosso Estado”, escreveu o deputado nas redes sociais.

LEIA MAIS:

Secretário do Consórcio NE pede habeas corpus para não depor na CPI da Covid no RN