A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) informou que o técnico da seleção masculina de vôlei, Renan Dal Zotto, teve que ser intubado uma semana após testar positivo para covid-19. O vice-presidente da confederação, Radamés Lattari, pelo contrário, foi extubado.

No último boletim médico, de sexta-feira, a CBV havia informado que Radamés já estava clinicamente melhor, ventilando de forma espontânea e com menos pressões no respirador. A confederação não havia divulgado o que ele sido intubado.

Ambos estavam na bolha do vôlei, no Centro de Desenvolvimento do Vôlei (CDV) em Saquarema, no Rio de Janeiro, antes de se contaminarem.

Fonte: UOL