20191130085456a7pfja.jfif

30/11/2019 08:52

Campeonato Chileno acaba com 6 rodadas de antecedência devido a protestos

Fotos: Twitter/Universidad Católica

Campeonato Chileno acaba com 6 rodadas de antecedência devido a protestos

A Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) do Chile anunciou nesta sexta-feira o encerramento do Campeonato Chileno, mesmo faltando seis rodadas para o fim, e declarou a Universidad Católica campeã da temporada. A ANFP alegou que não há segurança para a disputa dos jogos restantes devido aos protestos contra o governo, que tomam conta do país há mais de um mês.

A Universidad Católica liderava a competição com 13 pontos de vantagem sobre o Colo Colo. Na reunião que decidiu pelo encerramento do Campeonato Chileno, não houve oposição à coroação da Universidad Católica como vencedora do torneio, devido à grande vantagem na liderança, segundo informou o site do jornal chileno "El Mercurio".

Também foram definidos os representantes do Chile na Libertadores de 2020. Além da Universidad Católica, também está classificado para fase de grupos o Colo Colo, como vice-campeão. O Palestino, em terceiro, irá para a fase preliminar. A quarta vaga do país, também para a Pré-Libertadores, seria do ganhador da Copa do Chile, que ainda está pendente de definição, mas ainda será dedicida pela ANFP, podendo ficar com a Unión La Calera, quarta colocada no Chileno.

Na última sexta-feira, houve uma tentativa de retomada dos jogos do Campeonato Chileno, mas apenas uma partida foi realizada, a vitória do Cobresal sobre o Unión Española por 3 a 2, em El Salvador, no Norte do Chile. Já em Santiago, o jogo entre Unión La Calera e Iquique, no estádio Bicentenário La Florida, foi interrompido aos 22 minutos do segundo tempo, com o placar em 0 a 0, devido à invasão de uma torcida organizada do Colo Colo à arquibancada, com arremesso de objetos no campo.

O fracasso na tentativa de realização da 26ª rodada levou a ANFP a decidir pelo encerramento da temporada no país, incluindo a Série B e o Campeonato Feminino. Na reunião, houve 42 votos a favor do fim dos campeonatos, e apenas três contrários, um deles da Universidad Católica.

Além de encerrar as competições, a ANFP também decidiu que não haverá rebaixamento à Série B e nem promoção para a elite nesta temporada. Além disso, embora tenha proclamado a Universidad Católica campeã da Série A, a ANFP preferiu não coroar o Santiago Wanderers, que liderava a tabela, já que nenhuma equipe irá subir de divisão.

Fonte: Globo Esporte

PUBLICIDADE