Jair Bolsonaro (foto) saiu em defesa do ex-ministro Milton Ribeiro, acusado de corrupção e tráfico de influência na liberação de verbas no MEC. Em entrevista ao programa 4 por 4, o presidente afirmou na noite deste domingo (26) que não há “mínimo indício” de que Ribeiro tenha cometido crime.

“O Ministério Público foi contra a prisão do Milton. Não tinha mínimo indício de corrupção por parte dele e no meu entender ele foi preso injustamente”, afirmou.

O presidente voltou a ignorar as suspeitas de vazamento na operação da Polícia Federal contra o ex-ministro Milton Ribeiro. ​​

Ao pedir à Justiça Federal no DF o envio dos autos da operação Acesso Pago para o STF, o Ministério Público Federal alegou “indício de vazamento da operação policial e possível interferência por parte do presidente Jair Bolsonaro nas investigações”.

A suspeita de vazamento decorre de conversas de Milton Ribeiro interceptadas pela Polícia Federal.

Com informações de O Antagonista