O senador Jaques Wagner (PT-BA) afirmou nesta quarta-feira (16) em Plenário que a escolha do prêmio Nobel de Economia deste ano deve servir de inspiração ao ministro da Economia, Paulo Guedes. A Academia Sueca premiou três economistas — Abhijit Banerjee, Esther Duflo e Michael Kremer — que, segundo Wagner, reconheceram que as políticas econômicas dos governos devem estar focadas no combate à desigualdade e à pobreza. Assim, deve ser deixada de lado a ideia predominante de que a solução desses problemas é mero resultado do crescimento econômico.

Jaques Wagner criticou Paulo Guedes por se preocupar excessivamente com o ajuste das contas públicas, deixando de lado anseios básicos da população, como emprego, renda e comida na mesa.

— A democracia não sobreviverá à desigualdade de renda e social que nós vivemos no mundo. Estamos vendo pipocar em todos os lugares essas questões, e eu repito: a democracia não convive com miséria. O sentimento primeiro do ser humano é o seu instinto de sobrevivência. Se o cidadão não vir a sua sobrevivência garantida, ele não quer saber qual é o sistema político, ele quer saber de sobreviver — alertou.

Fonte: Agência Senado