O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), criticou nesta segunda-feira (27) o deputado federal Beto Rosado (PP), pré-candidato à reeleição. O prefeito reclamou que o parlamentar deixou de destinar recursos para Mossoró depois que houve mudança no comando da prefeitura.

Nas eleições de 2020, Allyson derrotou a prefeita Rosalba Ciarlini (PP), tia de Beto Rosado.

“Mandou (recursos) em anos passados, quando tinha familiares no poder. Aí mandava. ‘Você tem sua tia no poder, você manda o recurso. Quando sua tia sai do poder, não manda mais nada’”, afirmou o prefeito, em entrevista à 96 FM.

Durante a entrevista, o prefeito citou que pediu aos 11 parlamentares do Rio Grande do Norte que informassem quantos recursos foram destinados a Mossoró pelos respectivos mandatos. Ele disse que todos os deputados e senadores que fizerem o envio serão lembrados e citados publicamente.

O prefeito disse que não se lembra de recursos enviados diretamente para a prefeitura por Beto Rosado, pelo deputado federal Rafael Motta (PSB) e pelo senador Jean Paul Prates (PT). Ele agradeceu o envio de verbas por parte da senadora Zenaide Maia (Pros), da deputada federal Natália Bonavides (PT) e também do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que é deputado licenciado.

Com informações da 98 FM