Da mesma forma que está a Amazon, também está a fortuna de Jeff Bezos. No geral, foi um ano positivo para as ações da gigante do comércio eletrônico. E isso manteve seu fundador e CEO no topo da lista da Forbes de Bilionários do Mundo de 2019 pelo segundo ano consecutivo, com uma fortuna estimada de US$ 131 bilhões. São US$ 19 bilhões a mais do que um ano atrás. 

No ano passado, Bezos tornou-se a primeira pessoa a liderar uma lista de bilionários da Forbes com patrimônio líquido de US$ 100 bilhões ou mais. Embora os papéis da Amazon tenham caído de seu pico de US$ 2.012 por ação em agosto, elas ainda valem mais do que há um ano.