20191206182111RHjFxh.jpg

06/12/2019 18:18

Cosern desativa "gato" de energia em pousada de Ponta Negra; empresário é preso

Fotos: Cosern/Divulgação

Cosern desativa "gato" de energia em pousada de Ponta Negra; empresário é preso

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Militar, identificaram e desativaram uma ligação clandestina de energia elétrica (o popular "gato") numa pousada na praia de Ponta Negra, zona sul de Natal, na manhã desta sexta-feira (06). 

O proprietário da pousada foi preso em flagrante pela Polícia Militar e conduzido para prestar depoimento na Delegacia de Plantão da Cidade da Esperança.

O “gato” de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a 08 (oito) anos de reclusão. 

Com a ação de hoje, subiu para 14 o número de pessoas presas em flagrante pela polícia em todo estado cometendo a irregularidade ao longo de 2019.

Neste mesmo período, o volume de energia recuperado pela Cosern com a "Operação Varredura" seria suficiente para abastecer, por exemplo, os municípios de São Gonçalo e Parnamirim, juntos, durante 30 dias (cerca de 331 mil residências).

Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode provocar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos.

A população pode denunciar as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern.

PUBLICIDADE