O ministro da Educação, Abraham Weintraub, depôs na manhã desta sexta-feira (29) no Ministério da Educação. Durante o depoimento, ele invocou o direito de se manter em silêncio.

O ministro do STF Alexandre de Moraes, relator do Inquérito das fake news, determinou que Weintraub deponha para explicar falas na reunião ministerial realizada no dia 22 de abril, que foi gravada e divulgada após decisão do ministro Celso de Mello. No vídeo, Weintraub diz que gostaria de botar "esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”.

O ministro da Justiça, André Mendonça, divulgou o encaminhamento de um pedido de habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal para tentar evitar o depoimento.

Da CNN Brasil