Recuperado do coronavírus, após quarentena, o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), participará da reunião do presidente Jair Bolsonaro com governadores do Sudeste, nesta quarta-feira (25), por meio de videoconferência.

Ele saiu de casa sozinho, por volta das 9h, dirigindo o próprio carro, a caminho do trabalho, no Palácio do Planalto.

Com sua atitude, o ministro ignora as recomendações das autoridades de saúde para se manter em recolhimento domiciliar, especialmente porque, aos 71 anos, ele integra o chamado “grupo de risco”.

Havia a previsão de que somente amanhã o general Heleno seria submetido a exames para receber alta, mas ele acabou liberado pelos médicos.