O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte condenou Douglas Rafael da Silva a 40 anos de prisão em regime fechado. Ele foi considerado culpado por sua participação no assassinato de Ellane Alline Jácome e de Moisés Wilkson da Silva Lopes em uma festa em Mossoró, na região Oeste potiguar. 

O fato ocorreu em fevereiro do ano passado. A sentença foi estabelecida nesta quarta-feira (10). Douglas tem apenas 19 anos.

A investigação da Polícia apontou que três pessoas, entre elas o acusado, atiraram no local. Além das vítimas fatais, outras cinco pessoas foram baleadas. O próprio Douglas acabou sendo atingido por um tiro na cabeça.