20/08/2019 06:43

Filha de deputada diz que encomendou morte do pai, e que mãe sabia do plano

Fotos: Reprodução

Filha de deputada diz que encomendou morte do pai, e que mãe sabia do plano

Uma das filhas adotivas da deputada federal Flordelis dos Santos (PSD) afirmou, durante um depoimento prestado à Polícia Civil, que pediu a um de seus irmãos, Lucas Cézar dos Santos, para matar o pai, o pastor evangélico Anderson do Carmo. Marzy Teixeira da Silva também disse que sua mãe sabia do plano. A notícia é destaque nesta terça-feira (20) em O Globo.

Marzy disse que ofereceu R$ 10 mil para Lucas matar o pastor. Ela afirmou que pretendia furtar essa quantia da própria vítima. Marzy alegou que Lucas aceitou a proposta e prometeu assassinar Anderson dentro da casa da família, em Niterói.

"Marzy, no entanto, disse que se arrependeu, e, horas depois do início da troca de mensagens, teria ligado para Lucas e lhe pedido para desistir do plano. Em seu depoimento, Lucas confirmou ter recebido a oferta, mas negou ter aceitado a proposta da irmã", informa O Globo..

Marzy também disse que contou à mãe sobre seu plano para matar Anderson. Mas, segundo ela, Flordelis afirmou que não tinha dinheiro e a alertou para que não fizesse nada de que pudesse se arrepender.

Lucas e Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico de Flordelis, estão presos e já são réus no processo do assassinato de Anderson.

PUBLICIDADE

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS