O CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos disse hoje que todos os norte-americanos vacinados com as duas doses da vacina contra covid-19 podem deixar de usar máscara e não precisam mais manter distanciamento social na maioria dos ambientes interno e externos, independentemente do tamanho.

No mês passado, o órgão já havia recomendado a dispensa da proteção facial em pequenas reuniões ao ar livre para aqueles que completaram o esquema vacinal.

"A ciência é clara: se você está totalmente vacinado, está protegido e pode começar a fazer as coisas que parou por causa da pandemia", disse o CDC em um comunicado.

São consideradas pessoas completamente imunizadas todas aquelas que receberam a dose única da Johnson & Johnson ou a segunda dose da Pfizer e Moderna há mais de 14 dias.

Com o afrouxamento das medidas as autoridades acreditam que a população não imunizada procure receber as doses. Até ontem, cerca de 154 milhões de pessoas garantiram ao menos uma aplicação. Apenas um terço dos EUA (aproximadamente 117,6 milhões de pessoas) recebeu as duas doses.

Após um início frenético, o ritmo de vacinação caiu. A média diária está em 2,16 milhões. O quantitativo representa uma queda de 36% em relação ao pico de 3,38 milhões em meados de abril.

As autoridades ressaltam que o uso de máscaras e distanciamento social ainda deve permanecer durante consultas médicas, idas aos hospitais e asilos, viagens de ônibus, avião, trem ou outros meios de transporte público, além de aeroportos e estações de ônibus. A recomendação também abarca prisões, cadeias ou abrigos para moradores de rua.

Ainda assim, o CDC afirma que leis e regulamentos estaduais, locais ou tribais devem continuar a ser seguidos.

Fonte: UOL