A Cosern retirou 3.200 metros de cabos irregulares pertencentes a empresas de telecomunicações das ruas de Natal e cidades da Região Metropolitana nas três primeiras semanas de fevereiro. A ação aconteceu despois de uma inspeção em 16.600 metros de cabos e faz parte do programa de fiscalização do uso compartilhado dos postes da Cosern por empresas de telefonia, TV a cabo e internet em todo o estado. Após o Carnaval, as inspeções voltarão a acontecer na capital.

De acordo com a empresa, a ação reforça a segurança da rede elétrica, previne acidentes com a população, evita danos às estruturas e ao sistema elétrico da Cosern, além de reduzir a poluição visual e combater a prática de ligações clandestinas de energia (o popular “gato”), que coloca em risco a vida de quem faz e de quem está perto, além de ser crime.

Entre julho e novembro de 2019, a Cosern realizou a mesma ação em Mossoró e regularizou seis quilômetros de fios, retirando dois mil metros de cabos irregulares das ruas da capital do Oeste.

Em dezembro, a distribuidora retirou 500 metros de cabos irregulares de empresas de telecomunicações das ruas de Arez, na região Agreste. Para realizar a ação, a distribuidora envia um comunicado às empresas que fazem uso compartilhado dos seus postes informando sobre o início da fiscalização e solicitando a retirada imediata dos cabos que apresentam risco iminente à segurança da população ou que estão instalados à revelia da Cosern.