Em fevereiro, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) potiguar, elaborado com base na Sondagem realizada entre os dias 1 e 13 do mês, subiu 3,6 pontos, passando de 59,9 para 63,5 pontos, revelando que os empresários potiguares estão confiantes (valores acima de 50 pontos indicam confiança). Com esse aumento, o ICEI chegou ao maior valor para um mês de fevereiro desde 2010, quando o indicador alcançou 66,8 pontos. Na comparação com fevereiro de 2018, o ICEI cresceu 7,8 pontos (55,7 pontos).

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) atingiu 63,5 pontos em fevereiro de 2019, o maior valor para o índice desde maio de 2011, quando registrou 63,9 pontos. Ademais, o indicador chega ao sétimo mês seguido de resultados positivos, acumulando alta de 14,1 pontos no período. Todavia, durante este período, a confiança vinha sendo alimentada apenas por expectativas otimistas em relação aos próximos seis meses. Na pesquisa de fevereiro, os empresários reportaram melhora nas condições atuais após uma série de, praticamente, 70 meses apontando piora.

Na opinião dos empresários potiguares, as condições atuais (relativas à situação da economia nacional e à da própria empresas e excetuando-se à do estado) melhoraram na comparação com os últimos seis meses. No que diz respeito às expectativas para os próximos seis meses, observa-se um aumento do otimismo ante o levantamento de janeiro. A pesquisa mostra também que os empresários de todos os portes e segmentos industriais do Rio Grande do Norte se mostram mais confiantes.

De acordo com a CNI, o ICEI nacional caiu 0,2 ponto entre janeiro e fevereiro, passando de 64,7 para 64,5 pontos, mostrando que os empresários permanecem confiantes. Com esse pequeno recuo, o ICEI interrompe sequência de quatro altas consecutivas, período no qual o indicador acumulou aumento de 11,9 pontos. Apesar disso, a confiança do empresário brasileiro segue elevada. O ICEI situa-se 5,7 pontos acima do registrado em fevereiro de 2018 (58,8) e 10,1 pontos acima da média histórica do índice (54,4 pontos).