O Governo do Estado vai criar um fórum de negociação e acompanhamento com os fornecedores e prestadores de serviços. A decisão foi comunicada pelo Gabinete Civil do Governo às diretorias das federações das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio-RN).

O secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, entrou em contato direto com os presidentes da Fiern, Amaro Sales, e da Fecomércio-RN, Marcelo Queiroz, para relatar a criação do grupo de negociação e acompanhamento com a presença das duas federações. O grupo servirá para tratar do reordenamento financeiro promovido pelo Governo e as ações para manter o funcionamento pleno dos serviços públicos.

A criação do fórum surge após a polêmica resolução emitida pelo Grupo de Gestão e Eficiência do governo, onde a administração estadual determina que não utilizará recursos de arrecadação de 2019 para quitar dívidas de restos a pagar deixadas de governos passados. A decisão não foi bem recebida pelas duas federações (Fiern e Fecomércio), que reagiram com divulgação de notas em tom de crítica ao Governo Fátima Bezerra.