Apesar dos altos preços cobrados pelas companhias aéreas para quem deseja visitar ou sair de Natal por meio do Aeroporto Internacional Aluísio Alves, em São Gonçalo do Amarante, o terminal registrou aumento no número de passageiros e também de transporte de cargas no primeiro bimestre de 2019 se comparado com o mesmo período do ano passado. Quem divulgou a informação foi o secretário estadual do Planejamento e das Finanças, Aldemir Freire.

"No primeiro bimestre de 2019 passaram pelo aeroporto de Natal 464.421 passageiros, crescimento de 1,73% sobre os 456.518 passageiros no mesmo período do ano passado. Já a movimentação de cargas cresceu 3,8% no mesmo período, para 2.672.850 kg", disse Aldemir.

Nas últimas semanas cresceu a pressão da classe política e produtiva do Estado para cobrar um posicionamento das empresas aéreas em relação ao preço praticado em Natal. A capital potiguar, por exemplo, cobra passagens mais caras do que os valores de João Pessoa, Recife e Fortaleza.