23/05/2019 16:44

Prefeito anuncia projeto para reformar Teatro Sandoval Wanderley

Fotos: Secom

Prefeito anuncia projeto para reformar Teatro Sandoval Wanderley

O Prefeito Álvaro Dias reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (22), na sede da Funcarte, com o secretário de cultura, Dácio Galvão, o gerente do Teatro Sandoval Wanderley, Grimário Farias, servidores, representantes da classe artística e arquitetos para avaliar o pré-projeto de reforma do teatro do bairro do Alecrim. Em seguida, o gestor do município, visitou o prédio na zona Leste da capital potiguar, com o objetivo de avaliar as reais condições da construção.

 

O Teatro, inaugurado em 1992, foi fechado há cerca de 10 anos e esteve para ser derrubado em um projeto anterior. No entanto, o prefeito Álvaro Dias decidiu pela recuperação do prédio. “Nós repensamos essa questão. O projeto visava demolir o teatro e tomar outras medidas para reestruturar e modificar o cenário físico do Alecrim. Repensamos essa situação. Vamos buscar parcerias e recursos para tocar essa obra que é muito grande. A situação atual do Sandoval Wanderley é preocupante. A ideia é que façamos a reforma em módulos”, antecipou Álvaro Dias.

 

A última reforma feita no espaço cultural data de abril de 2005. De lá para cá não foram executados serviços e o desgaste estrutural no prédio é grande, com infiltrações em vários locais. ”O estado de conservação do teatro é muito ruim, porque está muito deteriorado, a estrutura física muito comprometida, mas nós pretendemos e vamos sim a reforma que pudemos fazer por etapas, porque é uma obra muito maior que em princípio se imaginava, mas nós vamos sim recuperar o Teatro Sandoval Wanderley e devolvê-lo à cultura e ao povo de Natal e do Rio Grande do Norte”, explicou o prefeito.

Sobre o pré-projeto, Álvaro Dias indicou que haverá uma espécie de reformulação do Teatro a ser feita em sequências. “Vamos iniciar pela estrutura física, depois a parte elétrica, depois a parte estrutural, enfim, vamos modular o projeto, transformar em alguns projetos para serem feitos por etapa, mas vamos fazer”, disse.

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS