Em meio a crise financeira que atinge o Rio Grande do Norte, a ordem no governo Fátima Bezerra (PT) é economizar e cortar gastos. Para isso, determinou que cada secretaria revise os contratos firmados para tentar reduzir os valores pagos pelo Estado por cada serviço. Com isso, a estimativa da Controladoria Geral do Estado é que o RN economize R$ 100 milhões no quadriênio 2019-2022.

Os dados foram divulgados durante reunião da governadora Fátima Bezerra (PT) com seu secretariado, realizada neste sábado (30), na Escola de Governo. O encontro teve como objetivo debater as ações da administração estadual nestes três primeiros meses de gestão. 

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), por exemplo, já havia anunciado que pretende economizar cerca de R$ 800 mil por ano com a revisão dos contratos no setor. Tudo por meio da negociação de preços e/ou quantitativos, mediante acordo entre as empresas e sem comprometimento dos serviços prestados. No geral, a Sesap vem conseguindo reduzir os valores dos contratos em um percentual que varia entre 1,5% e 10%.