Sabores Urbanos

20190820151626zGOC3G.jpg

20/08/2019 15:00

Raffe completa dois anos apostando no mercado cervejeiro natalense e do Nordeste

Raffe completa dois anos apostando no mercado cervejeiro natalense e do Nordeste

Com o boom da cerveja artesanal, não faltou gente que se sentiu animada para empreender e apostar no próprio rótulo. Foi pensando nisso que Adriano Miranda, Fernando Nóbrega e Raul Souza resolveram unir esforços e acabaram abrindo as portas da Cervejaria Raffe, fábrica e ponto de encontro semanal de cervejeiros.

Instalada há dois anos num galpão anexo a um posto de combustíveis, em Candelária, a Raffe produz atualmente oito mil litros de cerveja mensal. Além de abastecer o mercado cervejeiro local, onde computa mais de 120 pontos de distribuição, os rótulos da Raffe romperam fronteiras estaduais e já podem ser encontrados na Paraíba, Pernambuco, Ceará e Alagoas.

“Começamos com 2500 litros. No primeiro ano, já tínhamos uma demanda muito grande e já de início já decidimos pela expansão do parque fabril. A ideia é de que até o final do ano já estejamos batendo na porta dos 10 mil litros mensais, que é a capacidade total da fábrica”, explica Fernando Nóbrega.

Pelo menos nove rótulos de cerveja permanecem fixos na carta da Raffe: 084 Ipa, Ribeira Douple Ipa, Ludovicus Catharina Sour com Goiaba, Galega do Alecrim, Nísia Witbier, Mars Rover Amber Ale, Dark Sour of the Moon e Ponta Negra. No entanto, é comum serem apresentados cervejas especiais em datas comemorativas.

“Temos esse ambiente da fábrica onde a gente gosta de experimentar e usamos como uma espécie de laboratório. Então as cervejas de linha já passaram por aqui e hoje já têm uma certa maturidade no paladar do público, mas sempre que temos uma ideia nova, a gente faz uma ‘maluquice’ e disponibilizamos aqui e vemos como é o feedback da galera”, comenta Fernando.

Prata da casa

Com nomes inspirados na cultura local, a Raffe conta com a parceria do ilustrador Sandro Freitas, artista que assina os desenhos exclusivos dos rótulos da cervejaria. Nesse contexto, a predileção pela união de lúpulo, cevada e leveduras caminha de mãos dadas com o universo de Câmara Cascudo, bairro do Alecrim e com a praia de Ponta Negra. Nada mais potiguar.

Ser ou não ser?

Embora não se enquadre como um bar, o espaço para degustação existente na fábrica ganhou a simpatia dos frequentadores. No entanto, pensando na clientela (de bares) que compra os rótulos da Raffe, os sócios da cervejaria mantém o funcionamento do show-room em horário reduzido. “Não queremos ser concorrentes dos nossos clientes”, pontua Fernando.

“Quando montamos o plano de negócio, a ideia era só fabricar. Inclusive, tínhamos visto galpões mais distantes, como em regiões como Parnamirim, Ceará-Mirim. Chegamos a visitar um espaço em Neópolis, onde havia espaço para uma espécie de show-room e ficamos apaixonados por essa ideia. Quando encontramos o atual espaço mantivemos isso em mente”, reforça.

Conheça a fábrica e seus produtos pelo www.raffe.com.br

RAFFE ANO 2

Independência e chope!

Para embalar tanta cerveja boa, "sobem ao palco" as bandas Orquestra Boca Seca, tocando sua black music contagiante, e Covermen com o melhor do rock 90's (sim, você leu grunge). Além de discotecagem com Dj Magão. Para matar a fome, terão os burgers de "outro mundo" da Milliways e vários petiscos com a galera do Pirata Fritz. 

Compre aqui a senha da festa:

 https://www.sympla.com.br/raffe-ano-2__607179