Sabores Urbanos

20191010112256E3Glzf.jpeg

10/10/2019 10:40

Beco da Lama revela opções diversas de almoço para habitués do Centro da cidade

Beco da Lama revela opções diversas de almoço para habitués do Centro da cidade

Visitar o Beco da Lama virou uma opção de lazer para admirar os grafites, sobretudo, durantes os finais de semana. A ida à verdadeira galeria de arte ao ar livre quase sempre pode ser acompanhada de música e alguma biritinha, o que é de lei, não é mesmo? 

No entanto, o Beco (para os íntimos) não deixa na mão aqueles que trabalham na região ou transitam por ali quando o assunto é matar a fome. Muitas são as opções de almoço "bom e barato", como garantem os comensais mais costumeiros.

Ao pé do balcão da Lanchonete do Francisco, por exemplo, é possível desfrutar de pelo menos cinco opções diárias. Galinha, guizado, costela, carne de sol e frango ao molho são pratos costumeiros. Às sextas, é dia de feijoada. Por R$ 8,00, as refeições acompanham suco. Destaque para o de abacaxi com hortelã.

Labuta

Do lado interno do balcão, Francisco Rodrigues atende a freguesia. Ele divide a lida com a esposa, Maria Luana, desde dezembro de 2018. Na clientela, funcionários do comércio da Cidade Alta, servidores públicos de instituições do entorno e os passantes que fazem do Beco da Lama um atalho diário para os seus compromissos.