Com a vitória deste domingo (19) por 3 a 0 sobre o Palmeira em Goianinha/RN, o América garantiu classificação para a decisão da Copa Cidade do Natal, que equivale ao primeiro turno do Campeonato Potiguar 2020.

Após a partida, o técnico Waguinho Dias falou acerca da classificação e da evolução da equipe que atuou com três alterações no Estádio Nazarenão. 

“O que nós queríamos era justamente isso, mais uma vitória e consolidar uma final do primeiro turno, nós conseguimos. Estamos com cinco vitórias, com 19 gols (marcados) e dois sofridos, e isso é importante. Só que o mais importante nessas cinco partidas é a equipe pegando uma consistência e melhorando, aparando algumas coisas que tinham que ser melhoradas e eu acredito que agora o time está muito bem e quase preparada para uma regularidade”, disse.

O Alvirrubro marcou um gol no primeiro tempo e dois no segundo, fechando o placar da partida. No intervalo do jogo, Waguinho Dias "puxou a orelha" de alguns atletas e exigiu uma mudança de postura.

"No primeiro tempo nós tivemos duas chances com o Tiago Orobó que se tivesse feito, sairíamos com 3 a 0. Aí você conseguiria saber como jogar o segundo tempo. O que eu queria que melhorasse era uma atitude de alguns atletas e buscar mais o gol, de ter uma velocidade e, principalmente contra uma equipe fechada, de ter um contra um. Tem que fazer jogadas individuais para que criem as oportunidades. Foi o que eu mais cobrei no intervalo”, revelou.

O próximo compromisso do América será o Clássico Rei, primeiro do ano. Uma vitória garante ao Mecão não só a liderança definitiva como também o direito de decidir o turno em casa e com a vantagem do empate. Para o comandante americano, um clássico precisa ser encarado de forma única, independente da situação de cada equipe.

“Clássico não tem favorito. É uma superação e eu disse que muitas das vezes uma equipe não vem jogando, mais quando se torna em clássico é uma superação de momento. Eu acredito que nossa equipe está bem, mas que ela não é favorita não. O ABC também é uma grande equipe, tem grandes jogadores e quando se iguala num clássico é no momento equilíbrio emocional que faz a vitória. Eu espero que nós estejamos equilibrado e bem”, falou Waguinho.