O Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed) pediu desculpas por ter organizado um show da Banda Grafith nesta sexta-feira (01), feriado do Dia do Trabalhador, em frente ao Hospital Walfredo Gurgel. O show foi suspenso pela Polícia Militar em razão do decreto do Governo do Estado que proíbe eventos públicos.

A intenção do sindicato era homenagear os profissionais da saúde. A apresentação seria transmitida nas redes sociais no formato de live.

Em nota assinada pelo presidente da instituição, Geraldo Ferreira, o Sinmed reconheceu o erro e se desculpou.

Confira a íntegra da nota:

Em razão de problemas de autorização de uso de espaço pela Semurb e enquadramento do evento como evento público, por ser em espaço aberto, e não como uma live fechada para visualização nas residências, fomos orientados a transferir a live, que estava programada para o dia 01 de maio, dia do trabalho, para nova oportunidade. Pedimos desculpas e informamos que tão logo tenhamos novo formato e data divulgaremos para conhecimento de todos.

LEIA MAIS:

PM suspende show de Grafith que ocorreria em frente a hospital público do RN