O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) se manifestou contra a medida do presidente Jair Bolsonaro publicada no Diário Oficial da União da última quinta-feira (15), que suspende o uso dos radares móveis em rodovias federais. Ele negou o que vem dizendo o presidente, que existe uma "indústria da multa" no Brasil.

"Antes houvesse a indústria da multa, antes fosse verdade a indústria da multa. Como policial de trânsito por muito tempo que fui, eu não fazia isso para gerir, para aumentar a arrecadação do Contran [Conselho Nacional de Trânsito], do governo federal, do governo estadual ou municipal através de multa, mas, sim, para preservar vidas", disse no plenário do Senado.