O sargento Breno César Rodrigues Souza, da PM-RN, foi punido por impedir o furto de cabos de telefonia enquanto estava de folga. De acordo com o Boletim Geral da corporação, o PM cometeu uma "transgressão leve" que poderia tê-lo deixado detido por três dias pelo fato de o militar ter detido o criminoso e terem sido relatadas agressões.

O homem que tentava furtar os cabos alegou que o PM o agrediu, o que foi confirmado por exame de corpo de delito, por isso ocorreu a punição.

"O dito cidadão alegou que foi agredido fisicamente, sendo este fato atestado através de exame de corpo de delito. Detectando sinais de lesão corporal de natureza leve", informa o documento.

A Polícia Militar informou que não falaria sobre o assunto.

Confira abaixo o boletim: