O PTB, partido presidido pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson, apresentou uma proposta de filiação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A CNN foi informada sobre trechos da proposta. Ela sugere que o presidente poderá indicar aliados para postos de destaque na executiva nacional da legenda.

O texto, que foi apresentado no início desta semana a um interlocutor do presidente, já que ele estava em viagem no exterior, também inclui a previsão de que o presidente terá poder de escolha de candidatos da legenda para o Senado Federal.

O presidente tem sido pressionado por deputados aliados para escolher ainda neste ano uma legenda, facilitando a filiação dentro da chamada janela partidária.

Bolsonaro, no entanto, tem sinalizado que só tomará a decisão no início do próximo ano.

Em entrevista à “Veja”, o presidente citou legendas como PP, PL, Republicanos e PTB.

Após uma guinada conservadora, o PTB também tem atuado para filiar ex-ministros do presidente.

O objetivo é lançá-los para postos no Poder Legislativo, em uma tentativa de aumentar sua bancada federal.

A legenda sondou recentemente os ex-ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Abraham Weintraub (Educação). Hoje, a bancada federal da sigla conta com 10 deputados federais.

“O partido está de braços abertos para eles e também preparado para receber o presidente caso ele decida se filiar”, disse à CNN o presidente do PTB em São Paulo, Otávio Fakhoury.

Fonte: CNN Brasil