O ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho cobrou do governo Fátima Bezerra (PT) R$ 20 milhões que foram enviados pelo governo Bolsonaro ao Rio Grande do Norte para as obras da Barragem de Oiticica, mas que foram usados para outra finalidade.

Segundo o Ministro Rogério, a obra está com 93% de execução e o presidente Bolsonaro está aplicando recursos para concluir a barragem até o final do ano de 2021.

“Qual é a nossa dificuldade? O Governo do Estado, que é quem executa a obra com o recurso do governo federal, permitiu que R$ 20 milhões no convênio que nós temos assinado fosse retirado da conta de Oiticica para pagar dívidas que o Governo do Estado tem com empresas e com outras coisas”, disse o ministro Rogério Marinho neste sábado (15) em entrevista à Rádio Liberdade FM, de Parnamirim.

Ainda de acordo com o ministro, já foram enviados dois ofícios para a governadora solicitando que ela reponha o recurso necessário para a conclusão da obra ou apresente um cronograma para que essa reposição aconteça.

Rogério Marinho acrescentou que mais de R$ 270 milhões já foram aplicados na obra pelo Governo Bolsonaro e mais R$ 100 milhões serão destinados ainda esse ano.