O jornalista Tancredo Antônio Naves morreu na madrugada deste sábado (13), aos 83 anos de idade. Ele estava internado no Hospital Madre Tereza, e morreu em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Tancredo Naves foi funcionário dos Diários Associados por muito tempo e chegou a ser comentarista de futebol da Rádio Guarani. Atuou também no departamento de esportes da Rádio Itatiaia, onde foi diretor de jornalismo.

Nascido em 3 de dezembro de 1936, em Romaria, no Alto Paranaíba, Tancredo foi diretor-administrativo do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), entre 1963 a 1969. Ele também presidiu a Administração de Estádios de Minas Gerais (Ademg), de 1984 a 1986, e foi deputado estadual entre 1987 e 1991. Naves licenciou-se da Assembleia Legislativa para assumir a secretaria de Estado de Esportes, Lazer e Turismo.

Naves também foi produtor rural em Bom Despacho após se aposentar como bancário, em 2005, e ministrou palestras sobre jornalismo e esportes por todo o Brasil, até que em 2015 foi convidado pelo governo de Minas para assumir a presidência da Rádio Inconfidência. Ele ocupou o cargo por um ano.

Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento de Tancredo Naves.

Com informações de EM