Mesmo demonstrando otimismo, o Flamengo deve encontrar dificuldades para fechar a permanência de Gabigol no elenco na próxima temporada. Segundo as informações publicadas pelo jornal Gazzeta dello Sport, o atacante recusou uma proposta na casa dos 4 milhões de euros (cerca de R$ 18,7 milhões) em salários por ano para renovar seu contrato com o Rubro-Negro. Ainda de acordo com a publicação, representantes do camisa 9 teriam sinalizado com aquele que seria seu desejo salarial para seguir na Gávea em 2020: 6 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões) por ano.

Nesse cenário, o Flamengo precisaria desembolsar R$ 2,3 milhões mensalmente em salários para manter o atacante no elenco. Não bastasse isso, a diretoria já sabe que precisará gastar mais para chegar a um acordo com a Inter de Milão pelo camisa 9. O Flamengo deixou claro seu interesse em contratar Gabigol em definitivo, mas até o momento não chegou a acordo com os italianos.

De acordo com o jornalista Paulo Vinícius Coelho, comentarista dos canais FOX Sports, o clube de Milão só liberará o atacante pela cifra mínima de 35 milhões de euros, cerca de R$ 163 milhões, uma vez que os dois gols marcados na final da Conmebol Libertadores 2019 e a boa fase do camisa 9 fizeram o seu preço subir em 25%.

Fonte: FoxSports