Autor do gol aos 54 minutos do segundo tempo que deu ao Palmeiras uma suada vitória por 1 a 0 contra a lanterna Chapecoense, o volante Felipe Melo dedicou o feito à esposa, ao diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, e ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Eu quero dedicar esse gol ao cara que me trouxe para cá. Quando tivemos uma confusão, que quase decretou a minha saída do clube, esteve do meu lado e soube contornar a situação, que é o Alexandre Mattos. Dedicar também à minha esposa, e ao Bolsonaro, presidente da República, que é um cara que está sempre me dando moral, falando de mim nas entrevistas”, disse Felipe Melo a um repórter da TV Globo na saída do campo. 

Fonte: Veja