11/07/2019 21:06

IstoÉ: PT usa dinheiro público para bancar atos do "Lula Livre"

Fotos: Ricardo Stuckert/PT

IstoÉ: PT usa dinheiro público para bancar atos do "Lula Livre"

A revista IstoÉ que chega as bancas nesta sexta-feira (12) revela de onde vêm os recursos para bancar as manifestações do Lula Livre: é dinheiro público. Documentos obtidos pela publicação mostram que o PT usou dinheiro do Fundo Partidário, que é destinado pela União, para a compra de passagens aéreas, diárias de hotéis e alimentação para os petistas irem a Curitiba pedir a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

E não parava por aí. O dinheiro público também financiou a locação de veículos, aluguel de salas para reuniões e até mesmo o custeio do trabalho de seguranças privadas em atos registrados a favor do Lula Livre. 

Entre outros gastos pagos com o dinheiro do povo, R$ 2.294,73 foi destinado a compra de uma passagem aérea para a ex-presidente Dilma Rousseff viajar de Porto Alegre a Curitiba, a fim de participar de um ato pró-Lula. No geral, o PT usou quase R$ 1 milhão do Fundo Partidário para bancar o movimento. 

A legislação proíbe o uso dos recursos do Fundo Partidário para este fim, devendo destinar-se apenas a sustentar as atividades de organização meramente partidárias, não iniciativas de promoção pessoal de seus filiados, como se verifica clara, expressa e indiscutivelmente no movimento pela libertação do ex-presidente. 

PUBLICIDADE

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS