Os hospitais privados e organizações filantrópicas de saúde do Rio Grande do Norte estão proibidos de negar atendimento integral aos usuários do sistema de saúde particular e suplementar durante a pandemia do novo coronavírus. A determinação é do governo do Estado e foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (24).

De acordo com a portaria, assinada pelo secretário de Saúde Pública, Cipriano Maia, essas instituições devem elaborar planos de contingência para atender a essa parcela da população.

Ainda segundo a portaria, esses hospitais e organizações filantrópicas não podem recusar o atendimento e transferir os pacientes para hospitais de referência da rede pública.

Fonte: G1RN