Mulheres de força, que através do bordado, vivem e levam arte para o mundo são retratadas na exposição virtual Bordados do Seridó - A arte da mulher potiguar que estreia nesta quinta-feira (15). O trabalho é de autoria do artista visual potiguar, Andrey Lourenço.

Com texto de apresentação de Daliana Cascudo Roberti Leite, presidente do Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo, a exposição traz fotos por Andrey Lourenço e vídeo por Mylena Souza, registrados em março nas cidades de Caicó e Timbaúba dos Batistas, ambas localizadas no RN. Entre pontos e contos, a exposição apresenta a vida e arte da mulher do Seridó potiguar.

O artista conta que a inspiração para a criação da mostra surgiu a partir de memórias de infância. “Desde de criança, sempre achei lindo as colchas e toalhas de mesa que via com esses bordados. Cresci admirando essa arte, e quando surgiu a oportunidade resolvi fazer um projeto que pudesse propagar o trabalho dessas mulheres”, comenta Andrey. 

Um dos diferenciais que podem ser vistos neste lançamento, é a sobreposição de bordados em linha sobre as fotografias. “Eu quis trazer um trabalho manual para minhas fotografias, e tive a ideia de convidar alguma mulher do Seridó que fizesse esses bordados de linha para agregar. Acabei encontrando por acaso a Lu Alves, que foi quem fez esse belíssimo trabalho nas minhas fotos”, explica Andrey. 

Bordados do Seridó - A arte da mulher potiguar  pode ser acessada gratuitamente através do site: https://www.andreylourenco.com/. Em breve, será lançado, também nesta plataforma, o projeto “O Canto das Sereias - a arte da mulher potiguar”, inspirado no poema de mesmo nome, escrito pela poetisa Marilda Salvador, este trabalho é uma homenagem à cultura e à mulher potiguar. O canto das sereias conta com a voz de artistas mulheres da atualidade na construção da narração acoplada a um conteúdo audiovisual que terá versão inclusiva em libras.

Este projeto conta com o patrocínio da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Sobre o artista: 

Andrey Lourenço, artista visual com trabalho voltado para a fotografia, é conhecido por seu estilo que mescla moda e fantasia. Estampou páginas de revistas de moda, colunas de jornais e realizou exposições fotográficas com temas alusivos à literatura mundial e folclore local. Seu primeiro trabalho, Dias de Alice, foi selecionado no concurso nacional Movimento HotSpot, que através do apoio do SEBRAE e Governo Federal, visa revelar talentos em diversos ramos das artes. Além da exposição Lumos, inspirada na saga Harry Potter, seu trabalho A Magia da Literatura foi aprovado no edital Galeria SESC e, por último, a exposição Lendas Vivas foi contemplada no edital do Fundo de Incentivo Cultural de Natal.

Lourenço é um fotógrafo não-convencional que não se restringe à foto crua, pintando-a com edição de cores e luzes e revelando na imagem uma atmosfera que é sua marca característica.