09/07/2019 17:14

Diretor do América desmente rumores de licenciamento: "em 2020 estará melhor"

Fotos: Canindé Pereira/América FC

Diretor do América desmente rumores de licenciamento: "em 2020 estará melhor"

Um dia após a despedida do América da Série D do Campeonato Brasileiro, rumores de um possível licenciamento do clube junto à Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF) surgiram nas redes sociais. A informação foi negada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Dr. José Vasconcelos Rocha, dirigente responsável por tal determinação, em entrevista ao Jornal Tribuna do Norte.

“Não sei de onde surgiu essa história e nem como surgiu, mas como presidente do Conselho Deliberativo do América descarto qualquer possibilidade de isso vir a ocorrer. Quem fala uma coisa dessa não sabe da dificuldade que é promover um licenciamento de um clube como o América, com milhares de torcedores e um grande patrimônio para administrar. Confesso que não será o melhor dos cenários, mas em 2020 o América estará em situação bem melhor do que na atual temporada, mesmo continuando na Série D”, disse.

Zé Rocha destacou, ainda, que 2019 é ano de eleição e que em 2020, o clube estará mais saudável financeiramente. “O clube em 2020 estará melhor de administrar do que na atual temporada. Esse ano sem ter direito a praticamente verba alguma, tivemos de nos esforçar muito. Já na próxima temporada, o América terá a cota da Copa do Nordeste, bem como a da Copa do Brasil, logo iremos iniciar a temporada com algum dinheiro garantido em caixa. O próximo mandatário então terá uma situação um pouco menos turbulenta para administrar e é capaz de que isso favoreça o surgimento de mais de um candidato e que tenhamos uma eleição tranquila e saudável para o clube”, destacou.

Nesta terça-feira (9) a diretoria americana iniciou o planejamento para 2020 em reunião na sede social. As situações tanto o técnico Moacir Júnior quanto dos atletas será definida em conjunto e a previsão é que as definições de renovação - ou não - ocorram até o final da semana.  

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS