O câncer de pâncreas pode não ter quaisquer sintomas ou estes podem ser extremamente difíceis de se identificar. Os sintomas vagos também variam de pessoa para pessoa, ou seja, saber o que procurar pode ser difícil.

Adicionalmente, explica um artigo publicado no jornal britânico The Sun, atualmente ainda não existem testes de rastreio ou de detecção precoce para ajudar os médicos a diagnosticarem a doença precocemente. E agora, surgem rumores na comunidade médica de que uma sensação de dor ou formigueiro debaixo das costelas pode ser um potencial sintoma de câncer do pâncreas.

O sintoma foi apontado pela primeira vez como um sinal potente num estudo de 2014 divulgado no jornal científico BMJ, que descrevia pacientes que experienciaram dores e uma sensação de vibração por baixo das costelas previamente a serem diagnosticados com o tumor.

Lisa Woodrow, Enfermeira Especialista em câncer de pâncreas da organização Pancreatic Cancer UK, disse ao The Sun: "não ouvimos com frequência as pessoas falarem sobre uma sensação de vibração ou formigueiro no abdômen, mas tal pode estar relacionado a problemas digestivos causados pelo pâncreas ao não funcionar corretamente". 

"Algumas pessoas falam sobre uma sensação de gargarejo, e eu pergunto-me muitas vezes se isso é uma consequência da má absorção de alimentos devido a enzimas pancreáticas insuficientes, portanto, isso é muitas vezes vento e digestão relacionados". 

"Alguns pacientes falam de uma espécie de puxão debaixo das costelas", acrescentou. "Novamente, isso está muitas vezes relacionado a problemas digestivos, ou, ocasionalmente, à sensação de dor na cápsula do fígado quando a doença já se espalhou para o fígado e este tecido é esticado causando desconforto."

Com informações do Recôncavo News.