10/08/2019 06:34

Campeão do mundo em 62 morre no RJ e é sepultado diante de apenas 18 pessoas

Fotos: Sérgio Rangel/Globoesporte.com

Campeão do mundo em 62 morre no RJ e é sepultado diante de apenas 18 pessoas

Morreu nesta sexta-feira (09), aos 81 anos, o ex-lateral da seleção brasileira, campeão do mundo em 1962, Altair, após complicações oriundas de um problema pulmonar. O corpo do ex-jogador foi sepultado ainda ontem, no Rio de Janeiro, diante de apenas 18 testemunhas.

Altair atuou 551 partidas pelo Fluminense, que não mandou nenhum representante e nem coroa de flores ao sepultamento. O atleta era reserva de Nilton Santos no time brasileiro que conquistou o bicampeonato mundial. 

A CBF enviou uma coroa de flores e determinou um minuto de silêncio em todos os jogos da rodada do final de semana do Campeonato Brasileiro. As informações são do Globoesporte.com.

PUBLICIDADE

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS