20190604101037IrMT4p.jpg

04/06/2019 10:08

Café + bike: Nanocafeteria leva cultura do café a feiras e eventos de Natal

Café + bike: Nanocafeteria leva cultura do café a feiras e eventos de Natal

O gosto por um dos grãos mais apreciados mundo afora fez com o que o casal Luiz Eduardo e Cláudia Araújo transformasse um hábito que tinham em comum numa maneira de ganhar dinheiro. Do apego pelo café, nasceu – em 2016 - o Florêncio, um “pequeno grande” negócio que busca difundir a cultura do café pelos lugares por onde passa.

A bordo de uma bicicleta, o casal aporta em feiras de artesanato, festas e eventos particulares comercializando espressos, capuccinos, lattes e machiattos. Os mais afoitos, porém, podem degustar misturas mais salientes. Há opções que levam uísque no preparo.

Recentemente, o casal passou a comercializar o café de marca própria. Em pacotes de 250 gramas, é possível apreciar o Florêncio do Cerrado (R$ 22,00). De sabor levemente frutado, acidez cítrica, doce, com notas de chocolate, nozes e aroma caramelizado, o café vem de Patrocínio, em Minas Gerais, mais precisamente da Fazenda Serra Negra.

De colheita manual, o Florêncio Caparaó (R$ 35,00), de acidez curta e prazerosa, apresenta notas e aromas de doce de leite, rapadura e ameixa. Da variedade Catuaí Vermelho, o Caparaó vem do município de Dores do Rio Preto, no Espírito Santo.

Florêncio

“O Florêncio Café é uma nanocafeteria montada de forma itinerante, em uma bike. Nosso café é de uma linha de grãos especiais, trazidos direto da fazenda. Nosso café possui selos internacionais de sustentabilidade e desenvolvimento socioambiental, como Rainforest Aliance e UTZ Certifield. Embora descartáveis, nossos copinhos são biodegradáveis. O trabalho do Florêncio, além de difundir a cultura do café, está ligado diretamente com projetos que promovam o convívio cívico dos espaços público da cidade”, explica Luiz Eduardo.

Serviço:

Florêncio Café: 84 99656-1162

https://www.instagram.com/florenciocafe/

PUBLICIDADE

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS