A noite deste sábado (30) ficou marcada na história do boxe brasileiro. Aos 28 anos, Patrick Teixeira bateu o até então invicto Carlos Adames no Hotel Cassino Cosmopolitan, em Las Vegas (EUA), para conquistar o cinturão interino dos super-meio-médios (69,850 kg) da Organização Mundial de Boxe (WBO). 

Com a conquista, o atleta se torna o sexto pugilista brasileiro na história a se tornar campeão mundial em uma das cinco principais entidades que regem o boxe. Antes dele, em ordem, Éder Jofre, Miguel de Oliveira, Acelino 'Popó', Valdemir 'Sertão' e Isaac Rodrigues marcaram seus nomes no esporte nacional.

No próximo mês, Patrick deve ser oficializado como campeão linear da WBO, uma vez que o mexicano Jaime Munguía, atual campeão dos super-meio-médios, tem duelo marcado para janeiro de 2020 contra Gary O'Sullivan, em duelo que marca sua estreia na divisão dos médios (72,600 kg). 

Fonte: Uol