20191206143812hsCIDQ.jpg

06/12/2019 14:34

Álvaro Dias e deputado Girão visitam escola que será Cívico-Militar em 2020

Fotos: Alex Régis

Álvaro Dias e deputado Girão visitam escola que será Cívico-Militar em 2020

O prefeito Álvaro Dias visitou, nesta sexta-feira (06/12), a Escola Municipal Professor Veríssimo de Melo, no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal. Acompanhado do deputado federal General Girão (PSL), de secretários municipais e representantes da Secretaria Municipal de Educação, o gestor da capital percorreu todo o estabelecimento de ensino, que se transformará, em 2020, na primeira escola Cívico-Militar do Rio Grande do Norte.

“Essa escola receberá um grande investimento e queremos que ela se torne modelo, não apenas para nosso estado, mas para o País”, enfatizou Álvaro Dias. O prefeito de Natal agradeceu o esforço do general Girão na obtenção dos recursos necessários para a implantação do projeto. “É importante que ele tenha ido junto, porque está ajudando muito na obtenção desses recursos”, comentou.

Álvaro Dias falou com funcionários, professores e alunos. Na sala do 9° ano, o prefeito fez questão de parabenizar aos professores e estudantes da escola que teve seis aprovados no exame de seleção do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN. “Parabenizo a todos, porque vocês estão mostrando que são bons alunos e também que temos bons professores”, disse. O chefe do executivo disse ainda que espera uma reformulação no estabelecimento de ensino, desde a estrutura geral da escola, até os equipamentos, passando pela relação com pais e alunos.

“As escolas Cívico-Militares que estão sendo implantadas no Brasil têm mostrado bons resultados no aprendizado e nas relações entre alunos-alunos, professores-alunos, etc. Esperamos que a nossa siga esse mesmo padrão”, comentou o general Girão à respeito da expectativa do gestor municipal.

Segundo o diretor-administrativo da escola, Walker Andrade, em pesquisa feita com a comunidade escolar, incluindo país, cerca de 95% dos ouvidos aprovaram a iniciativa. “Apesar da relação complicada de comunicação com alguns pais, tivemos essa aprovação. É um clamor da população”, disse o diretor. A escola possui cerca de 900 alunos distribuídos entre o 6° e o 9° ano do Ensino Fundamental.

O programa

O MEC tem o objetivo de instalar 216 escolas cívico-militares em todo o país até 2023 — a iniciativa piloto, em 2020, contemplará 54. Para o ano que vem, o orçamento para o programa é de R$ 54 milhões, R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal ou na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar, uniformes, reformas, entre outras pequenas intervenções.

As escolas em que haverá pagamento de pessoal serão aquelas em que haverá parceria entre o MEC e o Ministério da Defesa, que contratará militares da reserva das Forças Armadas para trabalhar nas escolas. A duração mínima do serviço é de dois anos, prorrogável por até dez, podendo ser cancelado a qualquer tempo.

Os profissionais vão receber 30% da remuneração que recebiam antes de se aposentar. Os estados poderão ainda destinar policiais e bombeiros militares para apoiar a administração das escolas. Nesse caso, o MEC repassará a verba à prefeitura que, em contrapartida, investirá na infraestrutura das unidades, com materiais escolares e pequenas reformas.

Concurso literário

Durante o Concurso Literário da Funcarte 2019, alunos da Escola Municipal Professor Veríssimo de Melo obtiveram as seguintes classificações:

 

Categoria Redação:

Maikon Vinicius de Fontes Silva - 2° lugar (aluno do 8° ano)

Raytallo Martins Dantas - 3° lugar (aluno do 9° ano)

 

Categoria História em Quadrinhios:

Josiane Lima Torres - 3° lugar (aluno do 8° ano)

 

Categoria Poema:

Kauê Gonçalo Nascimento - 2° lugar (aluno do 8° ano)

Antônio Ailson Eduardo Filho - 3° lugar (aluno do 9° ano)

PUBLICIDADE