24/04/2019 13:41

"Governadora já recebeu duas vezes o MST e não recebe servidores da Segurança"

"Governadora já recebeu duas vezes o MST e não recebe servidores da Segurança"

O Rio Grande do Norte obteve uma redução de 42% no número de homicídios, segundo dados levantados pelo Portal G1 no Monitor da Violência. Segundo o estudo, o Estado é o segundo do Brasil em redução de assassinatos, comparando os anos de 2018 e 2019. O assunto foi abordado pelo deputado Coronel Azevedo (PSL) na sessão plenária da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (24). Ele creditou a redução dos números ao trabalho de policiais militares e civis, agentes penitenciários e servidores do ITEP.

“Vocês são merecedores do reconhecimento da sociedade. Precisamos fazer justiça a quem conseguiu reduzir esses números. Vocês não só enfrentam a bandidagem, mas também inimigos como a defasagem de equipamentos, atrasos de salários e governos que não valorizam os profissionais de segurança pública”, disse o parlamentar se dirigindo aos agentes de segurança pública do RN.

Coronel Azevedo também fez um apelo a governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), que segundo ele não vem recebendo os servidores da Segurança. “A governadora já recebeu duas vezes o Movimento Sem Terra e não recebe as associações e sindicatos ligados aos servidores da Segurança. Isso não é atitude de um governo que diz ser a favor do diálogo”, criticou o deputado.

Em seu pronunciamento, Coronel Azevedo ainda ressaltou a Operação Tiradentes que acontece nos pontos de maior violência no Estado. Ao todo, 3 mil PMs e bombeiros estão nas ruas intensificando ações de segurança. Outro assunto abordado pelo parlamentar, foi o comunicado do Governo Federal em vacinar contra a Gripe os agentes de segurança pública prioritariamente. “Faço um apelo ao Governo do Estado que garanta a vacinação desses profissionais que estão sempre em situação de risco”, alertou.