A visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao papa Francisco dominou a internet brasileira nesta sexta-feira (14). E também repercutiu junto aos representantes políticos do Rio Grande do Norte. O deputado federal general Girão Monteiro (PSL) criticou a atitude do principal nome da igreja católica.

"Lamento muito, como católico praticante, que tenha havido essa Audiência do chefe da ORCRIM (Organização Criminosa) com o Papa Francisco. O Papa deve ser um símbolo de pureza. Se mudou, pergunto Quem será o próximo? Fernandinho Beira-Mar ou Marcola?", questionou o parlamentar.