20190721221853Fw0Kwa.jpg

22/07/2019 06:07

Bolsonaro diz que parte da imprensa brasileira "morre de saudades do PT"

Fotos: Valter Campanato/Agência Brasil

Bolsonaro diz que parte da imprensa brasileira "morre de saudades do PT"

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) reagiu às críticas que recebeu nos últimos dias após as suas polêmicas de declarações no fim da semana passada. Pelas redes sociais, o presidente disse que continuará relembrando os "crimes" cometidos pelas gestões do PT e que parte da imprensa brasileira, "no fundo", sente "saudades" dos governos Lula e Dilma.

"Não adianta a imprensa me pintar como seu inimigo. Nenhum presidente recebeu tanto jornalista no Planalto quanto eu, mesmo que só tenham usado dessa boa vontade para distorcer minhas palavras, mudar e agir de má fé ao invés de reproduzir a realidade dos fatos. Sempre defendi liberdade de imprensa, mesmo consciente do papel político-ideológico atual de sua maior parte, contrário aos interesses dos brasileiros, que contamina a informação e gera desinformação. No fundo, morrem de saudades do PT", disse Bolsonaro.

Em seguida, o presidente completou afirmando que continuará falando do PT. "Vou falar do PT sempre. Não adianta chorar. Não é porque perderam a eleição que seus crimes devem ser ignorados. Os efeitos devastadores do desgoverno da quadrilha ainda podem ser sentidos e é papel de todo aquele que que ama o Brasil lembrar quem foram os culpados", concluiu.

PUBLICIDADE

MAIS ACESSADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS