Um policial federal foi vítima de um arrastão em sua residência durante a madrugada desta segunda-feira (17) no conjunto Cidade Satélite, em Natal. Os assaltantes também roubaram a arma do policial.

De acordo com as vítimas, inicialmente os bandidos se passaram por policiais civis, mas foram agressivos e chegaram a chutar o dono do imóvel ao descobrirem que ele era policial.

O crime aconteceu por volta de 1h20, quando um funcionário chegava ao imóvel em um veículo de transporte de passageiros - a casa funcionava também como sede de uma empresa da família. Os assaltantes chegaram em dois carros roubados, cercaram o veículo e abordaram o homem e o motorista de aplicativo - que teve a chave do seu veículo tomada.

Ao entrarem na casa, os assaltantes se identificaram como policiais civis e afirmaram que estavam apurando uma denúncia sobre o local. No imóvel estavam o policial federal, a esposa dele e uma filha do casal.

O homem disse que esse não era o procedimento correto e se identificou como policial - foi quando os criminosos anunciaram o assalto e começaram a agredi-lo, querendo saber onde estaria a arma dele e pedindo dinheiro.

De acordo com a esposa da vítima, os criminosos chutaram duas vezes o policial, que está afastado do trabalho, se recuperando de cirurgias neurológicas.

Os criminosos também roubaram televisões e celulares e fugiram em seguida. Ninguém foi preso.

Com informações do G1.