Educação Dialógica

29/08/2019 13:06

UFRN oferece minicurso de recuperação de impressos

Fotos: Anastácia Vaz

UFRN oferece minicurso de recuperação de impressos

A Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas para dois minicursos na área de recuperação de impressos. Os interessados podem se inscrever na página do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). As duas atividades acontecem entre os dias 2 e 4 de setembro, em turnos diferentes. A prática é oferecida pelo setor de restauração da BCZM.

Um dos minicursos é de recuperação de livro impresso e o outro é de recuperação do impresso bibliográfico. As aulas para a primeira atividade acontecem das 8h às 12h e para o segundo minicurso serão realizadas no turno da tarde, das 13h às 17h.

A oficina de recuperação de livro impresso e o minicurso de recuperação do impresso bibliográfico buscam ensinar as técnicas para recuperar materiais impressos. Ambos os minicursos irão mostrar a reconstituição do miolo do livro, lombada e capas, propiciando sua estabilização. As oficinas se propõem a abordar, de forma prática e segura, noções de pequenos reparos em livros confeccionados em folha simples e folha dupla.

Após a inscrição, os candidatos devem aguardar a confirmação da inscrição que será feita por email.

29/08/2019 12:59

Educação integral é meta do Plano Nacional de Educação

*Com informações da Agência Brasil

Oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, é uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). O intuito é que pelo menos 25% dos alunos da educação básica sejam atendidos. Composto por 20 metas, o PNE foi sancionado em 2014 e estabeleceu diretrizes e estratégias para a educação brasileira em um período de dez anos.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou a meta de atingir 500 mil novas matrículas em tempo integral até 2022 – hoje são 230 mil – por meio do Compromisso Nacional pela Educação Básica, apresentado em julho. A meta é revitalizar o programa Novo Mais Educação, diminuir a evasão e melhorar os indicadores educacionais. 

A proposta do programa é ampliar a carga horária do ensino médio de 4 para, no mínimo, 7 horas diárias. O MEC já disponibilizou R$ 338 milhões para as instituições de ensino em 2019. Segundo o secretário de Educação Básica do MEC, Janio Macedo, a pasta mantém diálogo constante com o Conselho dos Secretários Estaduais de Educação (Consed) e com a União Nacional dos Dirigentes de Municipais de Educação (Undime) para formular políticas públicas que beneficiem a educação em estados e municípios.

29/08/2019 12:55

Projeto do governo federal, Future-se será debatido em audiência pública

Fotos: João Gilberto

Projeto do governo federal, Future-se será debatido em audiência pública

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa vai debater durante audiência pública, nesta sexta-feira (30), o “Projeto Future-se: Avanço ou Retrocesso”. De acordo com o Ministério da Educação, o objetivo do novo projeto é dar mais autonomia financeira para as Universidades e Institutos Federais, fomentando o empreendedorismo e a inovação e captando recursos privados.
 
A Comissão de Educação, composta pelos deputados Allyson Bezerra (SDD), Francisco do PT e Hermano Morais (MDB), defende que o Future-se precisa ser debatido para fazer uma análise profunda a respeito do assunto e para que se tenha um esclarecimento sobre como funcionará a participação das organizações sociais nas universidades federais.
 
Proposto em julho pelo governo federal, o projeto apresenta mudanças polêmicas, como a presença da iniciativa privada na gestão e a criação de um fundo de financiamento das instituições. O evento, que contará com a participação de instituições de ensino superior, professores, estudantes e a sociedade em geral, será realizado às 9h no auditório da Casa.

 

24/08/2019 10:36

Better together: alunos de escola privada ministram aulas em escola pública

Fotos: Cedidas

Better together: alunos de escola privada ministram aulas em escola pública

Alunos do programa High School desenvolvido pelo CEI Romualdo, em parceria com University of Missouri, lançaram o projeto “Better together”, com realização de aulas de forma voluntária para os estudantes da Escola Estadual Monsenhor Alfredo Pegado, em Mãe Luiza, nas diversas áreas do conhecimento como Matemática, Língua Portuguesa, História e Língua Inglesa. O primeiro encontro aconteceu na última quinta-feira (22).

“Semanalmente nossos alunos colocarão em prática diversas atividades com as crianças da escola. No primieiro dia eles apresentaram as cores em inglês e ainda envolveram as crianças em um divertido jogo!”, destacou o professor Leonardo Xavier, orientador pedagógico do programa bilíngue do CEI.

Com a realização do projeto, os alunos do High School receberão um certificado de horas complementares ao término do semestre. Isso os ajudará em futuras aplicações a universidades americanas.

24/08/2019 10:33

Audiência Pública debaterá índices de violência nas escolas

Fotos: Eduardo Maia

Audiência Pública debaterá índices de violência nas escolas

No Rio Grande do Norte as rotinas das unidades de educação básica das esferas pública e privada confirmam um cenário da incidência da violência. Diante dessa realidade, o deputado estadual Francisco do PT propôs a realização de uma audiência pública cujo tema é “Paz nas Escolas: Pelo combate à violência nas redes pública e privada de ensino”. O debate será realizado na segunda-feira (26), às 14h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa.
 
“É tarefa do legislativo estadual debater e sistematizar políticas e propor ações focadas numa linguagem acessível com crianças e adolescentes do ensino fundamental ao médio, que difunda e consolide a mensagem da cultura de paz, com o objetivo de vencer a violência das escolas”, disse Francisco do PT.
 
A educação básica no RN compreende um quadro de 3.590 mil unidades escolares, 840.646 mil matrículas e 34.538 mil professores. A soma de estudantes e professores que cotidianamente frequentam as unidades escolares se aproxima de um quarto dos habitantes do estado, expostos a um ambiente frequente de insegurança.

*O conteúdo deste blog não representa necessariamente a opinião do portal.