Educação Dialógica

19/07/2019 20:05

Escolas iniciam aulões de aprofundamento para o Enem

Escolas iniciam aulões de aprofundamento para o Enem

Agendado para acontecer nos dias 3 e 10 de novembro deste ano, o Enem é uma das avaliações mais aguardadas por estudantes que pretendem ingressar no ensino superior e, para isso, a rotina de estudos e a atenção aos conteúdos deve ser prioridade. Para fortalecer os conhecimentos dos estudantes, escolas de Natal iniciam um vasto calendário com aulas preparatórias e de aprofundamento o Exame Nacional do Ensino Médio.

De acordo com a gerente do Ensino Médio do colégio Salesiano Dom Bosco, Angélica Katianne, os aulões são importantes na preparação para o ENEM. Neste segundo semestre, até os alunos das 2ª Séries da instituição poderão participar das atividades como forma de vivenciar a realidade do exame, onde muitos irão participar como treineiros. 

“Os aulões são atividades que integram a preparação escolar dos nossos alunos, reforçando o ensino para aqueles que prestarão a prova ao fim do ano. Todos são convidados a participar desse momento, onde os professores do Salesiano aprofundam as temáticas e tiram as dúvidas necessárias para as aulas”, ressaltou Angélica.

Enem 2019

O Exame Nacional do Ensino Médio acontecerá em dois domingos do mês de novembro. No dia 3, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação, Ciências Humanas e suas Tecnologias. No dia 10, as provas serão de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

18/07/2019 10:32

Programa de alfabetização visa erradicar analfabetismo em Natal

Programa de alfabetização visa erradicar analfabetismo em Natal

A Prefeitura do Natal está discutindo uma parceira com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o objetivo de instituir um programa de alfabetização na capital potiguar. Segundo números da Pesquisa Anual por Amostra de Domicílios contínua (PNAD), o índice de analfabetismo na cidade está próximo dos 9%. Município e Universidade devem utilizar a experiência do método Paulo Freire somada a políticas de inserção no mercado de trabalho.

Inicialmente a Secretaria Municipal de Educação (SME) deverá elaborar um programa que alcance adultos e jovens não alfabetizados e melhorar os índices. Nesta quarta-feira (17), as equipes da SME e da UFRN, com as presenças do prefeito e do reitor da instituição, aprofundaram a discussão com o objetivo de construir uma proposta pedagógica eficaz, a ser implantada já a partir deste segundo semestre.

“Queremos dar prioridade e implantar esse programa com base no método Paulo Freire, porque além de alfabetizar o cidadão, esclarece, estimula as pessoas a entender melhor a realidade em que vivem e o porquê de termos chegado aqui com essas desigualdades sociais. Para nós, é o caminho ideal para fazermos esse projeto de tamanho alcance e de resgate dessa dívida social. É inadmissível ainda termos esse número alarmante de analfabetos na nossa cidade. Por isso, pedi para buscarmos a UFRN para fazermos algo mais abrangente e com melhores condições de atingirmos nosso objetivo, já que a instituição tem estudos aprofundados e condições de dar uma grande contribuição à Secretaria Municipal de Educação”, observou o chefe do executivo municipal, prefeito Álvaro Dias.

Uma nova reunião ficou marcada para a próxima segunda-feira (22), na sede da SME, quando será debatido o conteúdo programático e novas parcerias. O edital para a contratação dos professores que atuarão em polos nos quatro distritos da cidade também está previsto para o início da semana.

Foto: Manoel Barbosa

13/07/2019 09:47

MEC e sua lista de compromissos para a educação básica

MEC e sua lista de compromissos para a educação básica

Alvo de muitas criticas pela ineficiência de gestão, o Ministério da Educação tenta se restabelecer no governo Bolsonaro através do Compromisso Nacional pela Educação Básica, um documento que deverá ser usado como plano estratégico para as políticas da pasta. O documento foi lançado na última quinta-feira (11), com objetivos a serem executados até 2022.

A proposta, debatida com secretários estaduais e municipais da área, inclui:

  • Tornar o Brasil referência em educação básica na América Latina.
  • Construir 4,9 mil creches, reestruturando o programa Pró-Infância. Segundo o MEC, menos de 50% das obras previstas foram concluídas desde 2007.
  • Revitalizar o programa Novo Mais Educação, ampliando a carga horária dos colégios públicos para “diminuir a evasão e melhorar indicadores educacionais”.
  • Estimular a adesão ao Novo Ensino Médio, com investimentos de R$ 230 milhões até o fim do ano.
  • Conectar 6,5 mil escolas rurais em todos os estados à internet, com banda larga por satélite. O MEC prevê investimento de R$ 120 milhões até dezembro, beneficiando 1,7 milhão de estudantes.
  • Implementar 108 escolas cívico-militares no país até 2022. Segundo o MEC, o ritmo será de 27 ao ano – uma para cada unidade da Federação. Nesse modelo, a gestão da escola é compartilhada entre professores, na parte pedagógica, e militares, em administração e disciplina.
  • Estabelecer trilhas de formação de professores da educação básica até 2020, por meio de "cursos de ensino à distância com a disponibilização e materiais de apoio e disponibilização de recursos"

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

13/07/2019 09:24

Disque-denúncia em defesa da pessoa autista

Disque-denúncia em defesa da pessoa autista

Está em tramitação na Câmara dos Deputados um projeto que estabelece a criação de um disque-denúncia sobre o descumprimento da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. A política impede, por exemplo, que uma pessoa com transtorno do espectro autista seja impedida de ter plano de saúde ou de ser matriculada em escolas públicas ou privadas. A matéria foi aprovada na Comissão de Educação da casa legislativa nesta semana e seguirá para apreciação em plenário.

A relatora do projeto, deputada Maria Rosas (PRB-SP), destacou a importância da aprovação da proposta. “Esse disque-denúncia, a exemplo de outros da mesma natureza em funcionamento no País, pode constituir medida eficaz para assegurar não só o direito à educação inclusiva, plena e ao longo da vida para todos os autistas, mas os demais direitos garantidos por lei”, disse.

04/07/2019 10:02

Colônia de férias é opção para as crianças durante recesso escolar

Colônia de férias é opção para as crianças durante recesso escolar


Período de recesso escolar pode ser desafiador para os pais. Afinal, nem sempre é possível conciliar trabalho com a folga dos filhos. As colônias de férias são soluções perfeitas por oferecerem diversão e aprendizado para a garotada enquanto o pai e a mãe trabalham.

Para entreter as crianças durante o mês de julho, a Escola Lápis de Cor, na zona Sul, abre as portas e realiza colônia de férias com programações temáticas que reverenciam a cultura e arte circenses.

Para aguçar a criatividade de meninos e meninas, as atividades envolvem, dentre outras coisas, oficinas de mímicas, manipulações, acrobacias, equilíbrio, montagem de palhaços, exercícios rítmicos (bailarinas), mágicas, malabarismo, pinturas e brincadeiras populares.

Programação

A colônia de férias na Lápis de Cor começou na última segunda-feira (1º) e vai até o dia 12 de julho, das 13h30 às 17h30. As atividades são destinas para crianças na faixa etária de 2 a 10 anos. As inscrições seguem abertas e devem ser realizadas na secretaria da instituição. Mais informações pelo telefone (84) 2030-5010.

*O conteúdo deste blog não representa necessariamente a opinião do portal.