Turismo & Negócios

COVID-19: Governo instala Força Tarefa Administrativa e cria Central de Doações

 

 

O Governo do Rio Grande do Norte instituiu uma força tarefa administrativa de enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19) e criou a Central de Recebimento e Distribuição de Doações. As iniciativas foram oficializadas pelo decreto Nº 29.565, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira, 26. O objetivo é concentrar esforços administrativos que possam conceder melhor apoio técnico operacional à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) para responder aos desafios impostos pela pandemia.  

Caberá à Força Tarefa Administrativa efetuar a tramitação dos processos de aquisição de bens, equipamentos produtos e insumos, contratação de serviços, requisições administrativas relativas à calamidade pública decorrente do novo Coronavírus (COVID-19), propor o impulsionamento de processos mediante a adoção procedimentos simplificados, além de prestar suporte administrativo à Sesap.

Ela responderá ao Comitê Governamental de Gestão da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus (COVID-19) e será formada por uma equipe técnica composta por representantes da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), das secretarias de Estado do Planejamento (Seplan) e Administração (Sead), sob coordenação do Gabinete Civil.

A Central de Controle de Recebimento e Distribuição de Doações de Insumos e Bens funcionará na sede da Escola de Governo e ficará submetida à Controladoria-Geral do Estado (CONTROL).

Este é 12º decreto emitido pelo Governo do RN, entre os dias 13 e 25 de março, que trata de medidas de prevenção e mitigação do contágio do novo coronavírus, visando proteger a saúde da população. Os decretos vão desde a instituição do Comitê Governamental de Gestão da Emergência em Saúde Pública até as regras para fechamento de locais públicos e privados para diminuir a circulação de pessoas pelo estado, incluindo ainda iniciativas voltadas ao remanejamento de orçamento para investimento no enfrentamento à pandemia.

Confira o Decreto Nº 29.565, de 25 demarço de 2020.

O empresário Luigi Rotunno é nomeado Cônsul Honorário de Luxemburgo na Bahia

O empresário Luigi Rotunno é nomeado Cônsul Honorário de Luxemburgo na Bahia

 

 

Nomeado pela Embaixada de Luxemburgo, a Cônsul Honorário no Estado da Bahia, nesta segunda-feira (23), o empresário Luigi Rotunno assume o cargo diplomático e estará encarregado de proteger e apoiar cidadãos de seu país de origem, fomentar negócios e estreitar relações comerciais, culturais, científicas e turísticas entre as duas nações (Brasil e Luxemburgo) em território baiano.

 

Devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a cerimônia de nomeação ocorreu via vídeo conferência com a participação remota do Embaixador Carlo Krieger que o declarou oficialmente Cônsul Honorário do Grão-Ducado de Luxemburgo na Bahia. Renata Righi e Ângela Sassi, esposa e mãe de Luigi acompanharam a nomeação orgulhosas.

 

A honraria concedida ao empresário CEO do Grupo La Torre se deu devido ao seu apoio constante prestado aos cidadãos de Luxemburgo  que moram ou estão em viagem na Bahia, suas contribuições ao desenvolvimento da região, do turismo e dos negócios, bem como sua experiência com o associativismo que reflete em bem-sucedidas relações diplomáticas para os dois países.

 

Com um currículo digno de manifestação honrosa, Luigi é um líder visionário e inovador, desenvolve projetos sociais, estratégias empreendedoras, sustentáveis. Enquanto presidente da Associação Brasileira de Resorts (ABR), diretor presidente da União de Líderes Empresariais de Porto Seguro (UNI) e Conselheiro do Conselho Nacional de Turismo (CNT), ele exerceu o associativismo que tanto acredita.  Autor de “Sem Bússolas – Inspirações de um empresário para enfrentar a pós-modernidade”, Luigi narra sua trajetória empresarial e segue os desafios de empreender com um olhar inovador, sempre voltado para o futuro.

 

“Será uma honra representar o país em que nasci, aqui na Bahia, criando uma ponte importante para os nossos dois países, Brasil e Luxemburgo. E quando esse período difícil passar, tenho certeza que desenvolveremos ações significantes para ambas as nações”. Comentou Luigi Rotunno lisonjeado em ser escolhido para tamanha responsabilidade diplomática.

 

CORONAVÍRUS - Alinhamento entre Governo Federal e empresas de aviação

CORONAVÍRUS - Alinhamento entre Governo Federal e empresas de aviação garante ligação aérea em todos os estados

 

Mesmo com redução drástica de voos, todos os estados terão ao menos uma linha operando


​​

 O Governo Federal acompanha o planejamento da malha aérea feito pelas companhias Gol, Azul e Latam de forma a preservar os serviços aéreos essenciais para o Brasil durante a crise causada pela pandemia do COVID-19. 

 

Empresas, Ministério da Infraestrutura e Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) participaram de reunião, nesta segunda-feira (23/03), que também contou com a participação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). 

 

Visando garantir uma malha que continue integrando o País, o Governo buscou viabilizar ajustes para que nenhum estado fique sem pelo menos uma ligação aérea. Como parte das ações da União para o setor, há o esforço de manutenção dos aeroportos abertos ao tráfego, em alinhamento com os governos estaduais. 

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, destacou a importância do apoio estadual à operação para que o transporte aéreo seja considerado um dos serviços essenciais a ser mantido em pleno funcionamento.

 

"Por isso a importância de mantermos os aeroportos em funcionamento e linhas aéreas disponíveis para os estados, mesmo com a demanda reduzida. O Brasil já conta com um déficit na balança comercial do setor de saúde e boa parte da distribuição de remédios, vacinas, insumos e equipamentos hospitalares é feita nos porões da aviação comercial", reforçou Tarcísio.

 

O Diretor-Presidente da ANAC, Juliano Noman, também esclarece a importância desse trabalho para o setor de aviação civil: “As companhias aéreas em muitos países responderam ao COVID suspendendo completamente as suas operações, o que prejudica fortemente a economia e até a saúde da população. Trabalhamos intensamente junto às empresas para possibilitar a manutenção de uma rede doméstica capaz de garantir um serviço aéreo mínimo no Brasil".

GOL reduz a sua malha aérea mantendo atendimento para as capitais brasileiras

Malha será composta por 50 voos diários e terá o aeroporto internacional de Guarulhos como hub, garantindo a conectividade entre as capitais 

 

 Em resposta à crise da saúde pública vivida em razão da pandemia do coronavírus (Covid-19) no Brasil e no mundo, e à nova demanda por transporte aéreo em tempos de isolamento domiciliar e distanciamento social, a GOL Linhas Aéreas promove, em caráter temporário, a readequação de sua malha doméstica a partir do próximo sábado, dia 28 de março, se estendendo até 03 de maio. Durante esse período, a Companhia manterá as operações para as capitais, enquanto as regionais e internacionais regulares estarão suspensas. A GOL fará voos extras para atender eventuais demandas específicas em destinos regionais e internacionais.  

Zelando pelo compromisso com seus Clientes e com todas as pessoas que precisam viajar ou transportar itens essenciais neste momento, a Companhia manterá em operação até o dia 03 de maio uma malha essencial de 50 voos diários, que conectará todos os Estados brasileiros a partir do aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos (GRU). A GOL também irá flexibilizar o tempo limite das conexões, que aumentará de forma a garantir a ligação entre capitais em até 24 horas.

Essa nova malha aérea temporária resulta na redução da oferta da GOL, desde o início da crise do Codiv-19, de aproximadamente 92% nos mercados domésticos e 100% nos internacionais.

A GOL sugere a todos os Clientes que tenham voos agendados nesse período para que antecipem suas viagens para esta semana, em qualquer dia e horário, sem nenhuma cobrança de taxa adicional, evitando-se assim possíveis restrições de itinerários na nova fase que se inicia no próximo sábado.

Assim sendo, a GOL adequou as regras e procedimentos para que não haja nenhuma cobrança de taxa de alteração, e estimula os seus Clientes a acessarem de forma prioritária os canais digitais para maior conveniência e agilidade.

Também com o intuito de evitar aglomerações de pessoas em ambientes públicos, seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, a GOL reforça a importância de os Clientes tirarem suas dúvidas e realizarem todo o processo referente às suas passagens por meio dos canais digitais. Informações podem ser obtidas no site www.voegol.com.br, nas redes sociais, no aplicativo e pelo telefone da Central de Relacionamento: 0300 115 2121.

A GOL LINHAS AÉREAS

 

A GOL Linhas Aéreas é a maior Companhia aérea do Brasil, com mais de 36 milhões de Clientes transportados por ano, e líder no segmento corporativo e de lazer. Em 19 anos de história, democratizou o transporte aéreo no país e se tornou a maior empresa de baixo custo do setor, com a melhor tarifa da América Latina. Atualmente, opera mais de 750 voos diários para mais de 100 destinos no Brasil, América do Sul, Caribe e Estados Unidos, com uma frota padronizada de 125 aeronaves Boeing 737. A Companhia mantém alianças estratégicas com a Air France e KLM, além de disponibilizar aos Clientes 17 acordos de codeshare - o mais recente deles foi estabelecido com a American Airlines - e 79 de interline, trazendo mais conveniência e facilidade nas conexões para qualquer lugar atendido por essas parcerias. Com o propósito de Ser a Primeira para Todos, a GOL tem investido continuamente em produtos, serviços e atendimento para oferecer a melhor experiência de viagem aos seus passageiros. A #NovaGOL reforça esse conceito, liderando em conforto com a maior oferta de assentos e mais espaço entre as poltronas; conectividade e entretenimento, oferecendo a mais completa plataforma com internet, filmes e TV ao vivo grátis; Salas VIP para viagens domésticas e internacionais; o melhor programa de fidelidade do mercado – SMILES - e um atendimento ao Cliente reconhecido e premiado por diversas organizações como ANAC, Reclame Aqui e Fórum Brasileiro de Relacionamento com o Cliente. No segmento de transporte e logística de cargas, a GOLLOG possibilita a captação, distribuição e entrega de encomendas para diversas regiões do País e exterior. Internamente, a GOL tem uma equipe de mais de 16 mil profissionais da aviação altamente qualificados e focados na segurança, valor número um da Companhia.

 

Mais informações: www.voegol.com.br

A MP 927 NÃO ATENDE AOS EMPREGOS DO SETOR DE TURISMO

CARTA ABERTA AO GOVERNO FEDERAL

 

A MP 927 NÃO ATENDE AOS EMPREGOS DO SETOR DE TURISMO.

 

Com 80% dos hotéis e resorts e a totalidade de parques e atrações turísticas do Brasil FECHADOS, os setores apelam por ajuda do governo federal para manter os empregos. As restrições às viagens ao redor do mundo em função da Pandemia e a necessidade de isolamento social PARALISAM a cadeia de turismo e assolam a economia de forma global.

As MPs anunciadas até o momento pelo governo federal brasileiro, sobretudo as trabalhistas, não representam NENHUMA solução para o setor. Diferentemente de outros setores econômicos, onde há queda na produção, o TURISMO PAROU. De que adianta diminuir jornadas de trabalho ou salários, ou autorizar o teletrabalho se PARQUES E HOTÉIS JÁ ESTÃO FECHADOS? Não havendo DESLOCAMENTO de pessoas, não há prestação de serviços e não há produção. TURISMO NÃO SE ESTOCA. Comunidades e destinos inteiros podem sofrer com o DESEMPREGO!

Os setores representados pelas associações hoteleiras e de parques do Brasil, Resorts Brasil, ABIH, FOHB, FBHA, BLTA, Sindepat, Adibra e Unedestinos REAFIRMAM: as empresas não suportam este impacto financeiro, não é prejuízo, é FALÊNCIA iminente e supressão imediata dos empregos deixando de movimentar R$ 31,3 bilhões na economia brasileira.

Nossa luta é para manter mais de 1 milhão de empregos diretos e indiretos. Se países como França, Espanha, Portugal, Itália, Estados Unidos, Argentina, Uruguai adotaram medidas imediatas para manter empregos e salvar a economia do turismo, o BRASIL deve fazer o mesmo. Se não o fizer, a recessão levará ao caos completo com desemprego e violência, nada menos de 4 milhões de pessoas impactadas (mais da metade da população do Rio de Janeiro ou 1/3 da população de toda a cidade de São Paulo). Um desastre total para a recuperação não só da economia, mas da imagem do DESTINO BRASIL. Essa luta não é só nossa, é do Brasil.

 

Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (ADIBRA)

Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH)

Brazilian Luxury Travel Association (BLTA)

Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA)

Fórum dos Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB)

Resorts Brasil (Associação Brasileira de Resorts)

Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (SINDEPAT)

União Nacional de CVBx e Entidades de Destinos (UNEDESTINOS)

Turismo de Portugal lança #CantSkipHope

  

 

Turismo de Portugal lança #CantSkipHope

 

O Turismo de Portugal transforma a comunicação do destino turístico de #CantSkipPortugal para #CantSkipHope, uma mensagem de esperança para todos e ajustada ao momento de incerteza em que vivemos.

Com esta iniciativa o Turismo de Portugal faz sentir a todas as pessoas (turistas, profissionais de turismo e residentes) que este é o tempo de parar, de recentrar e de unir esforços para podermos seguir em frente.

Uma mensagem para o mundo, através de um filme com imagens que refletem o melhor de Portugal, as paisagens, os momentos, as gentes e os monumentos. Para que nos lembremos daquilo que nos espera se todos soubermos esperar.

Um trabalho concebido e produzido com todas as equipas a trabalhar desde casa. Por isso, foram utilizadas imagens captadas nos últimos anos para outros filmes e recorrendo a um smartphone para gravação da locução. Um agradecimento às produtoras Blanche filmes, Bombom, Bro e Show Off que gentilmente nos cederam os direitos para a realização deste filme.

Nunca será de mais partilhar esta mensagem de esperança: “É tempo de refletir. É tempo de fazer uma pausa, pelo bem do mundo. Por enquanto, podemos sonhar com aqueles dias incríveis que virão. Estamos nisto juntos. “

Luis Araújo, Presidente do Turismo de Portugal, realça a mensagem do filme: “Gostaríamos acima de tudo que este filme pudesse servir de inspiração para uma reflexão alargada e que fosse também o exemplo do esforço de um País na sensibilização e união de todos para ultrapassar este momento difícil da história da humanidade.”

 

Blogs

Veja os principais pontos da capital neste primeiro dia de Decreto contra o Covid no RN