Turismo & Negócios

Roadshow JPA é concluído com sucesso

Roadshow JPA é concluído com sucesso

 

 

Sendo a quarta cidade contemplada, Salvador recebeu na última terça (21), no Wish Hotel da Bahia, o Roadshow JPA, evento itinerante, idealizado e realizado pela organização do JPA Travel Market. Nessa edição do Roadshow, a organização superou sua última marca - de 100 inscritos em Recife - e contou com a participação do 132 profissionais do trade.

O evento teve a participação de gerentes de vendas de alguns hotéis associados à ABIH-PB – Hardman Praia, Village Premium, Cabo Branco Atlântico, Pousada Tambaú, Aram Beach, Tambaú Hotel, Slaviero Essential e Verdegreen.

O Roadshow JPA edição Salvador contou com o apoio da ABIH-PB, da PBTur, e as companhias aéreas Gol, Delta, KLM, Air France e Air Europa. Recebeu, ainda, o secretário de estado do Turismo da Bahia, Fausto Franco, e o diretor Brasil da AirEuropa, Gonzalo Romero, e a presidente da Abav-BA, Ângela Carvalho.

 

GILSON MACHADO: "É O MOMENTO DE BUSCAR NOVOS CAMINHOS

GILSON MACHADO: "É O MOMENTO DE BUSCAR NOVOS CAMINHOS

 

Presidente da Embratur afirma que meta é desburocratizar e modernizar o setor
 

O novo presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), autarquia especial do Ministério do Turismo, Gilson Machado Neto, declarou, nesta quinta-feira, 23, que o setor ganhou protagonismo na nova gestão do país. Ele ressaltou, durante cerimônia de sua posse, na sede do Ministério pasta, em Brasília, que há grande necessidade de implementar medidas que transformem a prática turística no Brasil.

 

“Nesse novo momento, a nossa gestão deve buscar saídas e novos caminhos para ampliar o setor, apostando em segmentos como o turismo náutico, cruzeiros, turismo de contemplação, prática de mergulho, ecoturismo, colocando todo o potencial que temos em prática”, destacou.

 

A transformação da Embratur em agência é uma das metas dessa gestão. Para Gilson Machado, essa transição dará ao Brasil maior capacidade para trabalhar a promoção internacional, colocando o País em um outro patamar para competir com outros destinos.

 

"Este é um momento importante para o setor, que ganha relevância e também tem como meta dobrar a chegada de turistas estrangeiros, passando da casa de 6 para 12 milhões de pessoas anualmente. O Brasil tem um grande potencial, de infraestrutura e belezas naturais, e precisa destravar muitas questões, para poder receber mais visitantes do mundo todo. O Governo Federal está buscando saídas para gerar empregos e renda para a população, e o turismo pode, de maneira muito rápida, ser parte da solução para o Brasil”, afirmou o novo presidente da Embratur.

 

A cerimônia pública de posse do novo presidente está marcada para o próximo dia 29, quarta-feira (29), às 18h, na Embratur.

 

 

30 anos de dedicação ao turismo
 

Pernambucano, nascido na capital Recife, Gilson Machado Neto tem 51 anos, é casado há 21 anos, e pai de um filho. Sua formação é em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. Atua há mais de 30 anos no setor turístico, com negócios localizados em São Miguel dos Milagres e Porto de Galinhas. É membro do trade turístico da Rota dos Milagres e do Convention & Visitors Bureau de Maragogi. O novo presidente da autarquia também possui experiência como produtor de eventos e no ramo de radiodifusão, sendo apresentador de um programa voltado para a atividade turística na Região Nordeste. Antes da nomeação na Embratur, Gilson Machado Neto já atuava na administração federal, como secretário de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente.

 

Encontro da Hotelaria Nacional

 

Antes de tomar posse como presidente da Embratur, Gilson Machado participou, nessa quarta, do primeiro evento público à frente da autarquia, o 1º Encontro da Hotelaria Nacional, organizado pela Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados. Na ocasião, representantes do setor turístico brasileiro, em especial a hotelaria, se reuniram para debater temas de interesse do segmento.

 

"Precisamos tratar o turismo como política de estado e não de governo. O Brasil tem grande potencial, por isso é importante o incentivo à redução da burocracia e modernização para o desenvolvimento do setor”, garantiu.

Fecomércio RN apresenta dados do Carnaval 2019 e proposta de parceria

Fecomércio RN apresenta dados do Carnaval 2019 e proposta de parceria

 

 

Representando o presidente Marcelo Queiroz, o diretor Executivo da Fecomércio RN, Jaime Mariz, esteve na manhã desta quinta-feira, 23, em Parnamirim, onde apresentou ao prefeito Rosano Taveira, secretários municipais, ao presidente da Câmara Municipal, Irani Guedes e vereadores além de empresários da cidade, os resultados da pesquisa sobre o perfil do público e dos comerciantes que atuaram no Carnaval de Parnamirim 2019.

 

A exemplo do que já faz há cinco anos no Carnaval de Natal, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio RN), realizou as pesquisas pela primeira vez em Parnamirim, no período entre 1º e 5 de março, quando foram ouvidos 522 foliões e 170 comerciantes.

 

A maioria dos foliões eram homens (54,7%), com idades entre 16 e 34 anos (49%); com ensino médio (52%); renda de até R$ 3.500 (62,1%); e passaram o Carnaval com a família (65,6%). Com relação à origem, 42,9% eram nativos e 57,1% eram turistas. Entre os turistas, 89,9% eram do Rio Grande do Norte, sendo 32,1% de Natal, e 2,4% de Macaíba. Do que vieram de outros estados, 2,2% eram da Paraíba; 2% de Pernambuco; 1,4% de São Paulo; 1,3% do Rio de Janeiro; 1,1% de Minas Gerais e 0,7% do Ceará.

 

Entre os foliões que responderam à pesquisa, apenas 36,6% estava participando pela primeira vez; cada um brincou em média 4 dias; e 49,4% responderam que a programação oferecida pela Prefeitura influenciou muito a decisão de ir ao evento. A maioria ficou sabendo do Carnaval de Parnamirim por meio de amigos e familiares (35,5%); ou ainda por meio das redes sociais (15%). Muitos decidiram ir em carros particulares (51,6%); ou a pé (23,6%). Os que foram ônibus, transporte por aplicativo, carro alugado, táxi ou bicicleta, somaram 24,8%.

Perguntados sobre o que mais atraiu no Carnaval de Parnamirim 2019, as pessoas responderam que foram os atrativos naturais (32,7%); a programação do Carnaval (28,9%) e a indicação de parentes e amigos (27,4%). Quanto às atividades do frequentadas, a maior parte do público se dividiu entre os shows musicais (54,2%); e as praias (51,8%).

 

O gasto médio diário individual dos turistas foi de R$ 129,40 e dos nativos foi de R$ 52,65. Para se ter uma ideia, o gasto médio diário individual dos turistas do Carnaval de Natal este ano foi de R$ 120,64 e o dos nativos foi de R$ 68,56. O dinheiro gasto pelos turistas foi destinado principalmente à hospedagem (45,6%); e alimentação/bebidas (31,4%). Entre os nativos os principais gastos foram com alimentação/bebidas (61,2%); e diversão (15,6%).

 

Para avaliar a qualidade do evento, o IPDC pediu para os entrevistados atribuírem notas a alguns itens como a hospitalidade (8,62); os meios de hospedagem (8,44); a diversão da cidade (8,42); a limpeza urbana (8,54); a segurança (8,31). O item que teve a menor nota individual foi acesso e transporte (7,56). No geral, o evento ficou com nota média de 8,65, com 94% das pessoas afirmando que recomendariam a festa e 66,7% dizendo que pretendem voltar em outros anos.

 

Informais são maioria

 

A maioria dos comerciantes eram homens (63,5%); com idades entre 45 e 59 anos (36,5%), com ensino fundamental (46%) ou ensino médio (45%); e autônomos (57,6%). 70,6% informaram que seu negócio era informal; estavam atuando no ramo de bares/restaurantes (43,5%) e lanchonetes (18,8%); e estavam localizados em Pirangi, sendo 35,9% na Avenida e 22,4% na Praça; na orla (20%); e outros 16% na Cohabinal. 66,5% já atuaram no Carnaval em anos anteriores.

 

O investimento médio feito por cada comerciante foi de R$ 2.809,79, e cada negócio empregou em média 3 pessoas. Apesar disso, 68,2% disse não ter contratado funcionários extras. Muitos comerciantes sentiram um impacto positivo na economia de seus negócios (67,6%). A maioria teve vendas dentro do esperado (43,5%).

 

Os atrativos que os comerciantes usaram para os clientes foi o preço baixo (25,9%). Já os clientes ficaram mais satisfeitos com a possibilidade de pagar suas compras no cartão de crédito (43,5%). O maior investimento foi no estoque (85,3%), seguido pela variedade de produtos (48,8%). O faturamento médio de cada negócio foi de R$ 1.885,45.

 

“A Fecomércio, na pessoa do presidente Marcelo Queiroz, tem o interesse de fomentar o desenvolvimento dos municípios. Apresentamos aqui o perfil dos foliões e a Prefeitura pode pensar em mais ações para o próximo ano, atendendo à pesquisa. Além disso, o comerciante enxergou uma possibilidade de ganhar dinheiro, gerando negócios e renda”, comentou o diretor Executivo da Fecomércio RN, Jaime Mariz.

 

Segundo informações da prefeitura, foram investidos no Carnaval 2019 R$ 800 mil, com um público estimado de 40 mil pessoas por dia. “Vamos expandir o Carnaval para mais polos. Temos hoje dados que comprovam que o Carnaval de Parnamirim é viável, gera emprego e renda, e vamos trabalhar em cima disso”, afirmou o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira.

 

As pesquisas estão disponíveis no link: http://fecomerciorn.com.br/pesquisas/

 

Prefeitura deve aderir ao DEL

 

Na mesma ocasião em que foi apresentada a pesquisa, técnicos do Senac RN detalharam o programa Desenvolvimento Econômico Local (DEL), parceria que possibilita profissionalizar destinos turísticos com base em metodologias alemãs.

 

O prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, confirmou os entendimentos para implantação do DEL no município, em parceria com a Câmara Municipal e CDL local. Parnamirim será o terceiro município potiguar a aderir ao programa do Senac RN (que já tem São Miguel do Gostoso e Tibau do Sul).

 

 

Roberto Haro Nedelciu é o novo Presidente da BRAZTOA

Roberto Haro Nedelciu é o novo Presidente da BRAZTOA

 

Em assembleia, entidade elege novo Conselho de Administração para o biênio 2019/2021

 

Reunidos em assembleia na última quarta-feira (22 de maio), as empresas associadas à BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) elegeram seu novo Conselho de Administração para o biênio 2019/2021. Roberto Haro Nedelciu, da Raidho Viagens, foi eleito Presidente. O empresário, que faz parte do Conselho da entidade desde 2015, atuará ao lado dos Vice-Presidentes, Frederico Levy (Interpoint Viagens), Estela Farina (Norwegian Cruise Line), Marina Figueiredo (Pomptur) e Celso Garcia (CI – Central de Intercâmbio).

 

“O foco é continuar o excelente trabalho feito pela Magda Nassar que, inclusive, estará ao meu lado nesse começo em diversas ocasiões, sempre priorizando e valorizando as associadas e operadoras. Com esse novo grupo, buscamos ter pessoas de diferentes perfis, que se complementem. Acredito que essa pluralidade de atuações e pensamentos possa enriquecer ainda mais as ações e estratégias da Braztoa. Além de mim, o conselho é composto por duas mulheres e dois homens com conhecimento em turismo de experiência e aventura, intercâmbio, cruzeiros, nacional e internacional. A ideia é unir cada vez mais a experiência à juventude para ter um olhar constantemente revitalizado sobre o Turismo’, disse Roberto Haro Nedelciu, Presidente da BRAZTOA.

 

Engenheiro Industrial Mecânico, com MBA em Gestão Empresarial na Fundação Getúlio Vargas, Roberto Haro Nedelciu trabalhou por 26 anos em uma empresa automotiva multinacional e é sócio da Raidho Viagens há 16 anos. Já viajou para mais de 77 países e acumula experiências que fazem a diferença em sua atuação como empresário do turismo, como a subida até o Campo Base do Everest (Nepal), Kilimanjaro (Tanzânia), Chimborazo (Equador) e o Monte Kota KinaBalu (Malásia).

 

Durante o evento, Magda Nassar, que esteve na liderança da entidade desde 2015, fez um balanço de sua gestão e disse que deixa o cargo com o sentimento de missão cumprida e com a expectativa de fortalecimento dos associados durante a próxima gestão. "A Braztoa está no lugar onde deveria estar. A gente faz realmente a diferença no mercado em todos os segmentos em que atuamos. É o início de uma nova gestão, não de uma nova Braztoa, e sinto que deixei minha missão cumprida. Tenho orgulho de onde a entidade chegou com o trabalho de todos que fazem parte dela", completou Magda Nassar.

 

 

Conselho de Administração Braztoa – Biênio 2019/2021

 

  • Presidente do Conselho de Administração: Roberto Haro Nedelciu – Raidho Viagens
  • Vice-Presidente: Frederico Levy (Interpoint Viagens)
  • Vice-Presidente: Estela Farina (Norwegian Cruise Line)
  • Vice-Presidente: Marina Figueiredo (Pomptur)
  • Vice-Presidente: Celso Garcia (CI – Central de Intercâmbio)

 

 

 

Sobre a BRAZTOA

A BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) reúne operadoras de turismo, colaboradoras e empresas de representação de produtos e destinos, além de convidados, responsáveis por estimados 90% das viagens organizadas de lazer, comercializados pela cadeia produtiva no Brasil.

 

Em 2018, as operadoras associadas à Braztoa faturaram R$ 13,1 bilhões e embarcaram 6,5 milhões de passageiros durante todo o ano. Essas mesmas empresas geraram um impacto econômico de R$ 11,2 bilhões para a economia nacional, neste mesmo período (quantia que contempla a soma do valor dos pacotes comercializados para destinos nacionais, com o gasto médio diário com extras do turista nos destinos).

 

Entidade de vanguarda e sem fins lucrativos, a BRAZTOA, que completa 30 anos neste mês de maio, promove ações e parcerias que valorizam as atividades empresariais dos associados, apoiando o desenvolvimento do mercado turístico de forma sustentável. Em 2019 serão realizados o Braztoa Desvenda (25/06 e 21/11), Experiência Braztoa Nordeste e Sul (7/ e última semana de Agosto), 52º Encontro Comercial Braztoa & ABAV (de 25 a 27/09), Convenção Braztoa e Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, em Canela/RS (4 a 7 de novembro).

 

UNIVERSAL ORLANDO RESORT REVELA COMIDAS E BEBIDAS INSPIRADAS NO SURFE

UNIVERSAL ORLANDO RESORT REVELA COMIDAS E BEBIDAS INSPIRADAS NO SURFE

Hoje, o Universal Orlando Resort revelou as primeiras imagens das opções de comidas e bebidas que serão oferecidas em seu primeiríssimo hotel da categoria Value, Universal's Endless Summer Resort - Surfside Inn and Suites – com grande inauguração em 27 de junho de 2019.

Beach Break Cafe, a praça de alimentação casual, localizada no Surfside Inn and Suites, irá incluir pratos inspirados na temática do surfe, com sabores do sul da Califórnia e ingredientes frescos. Aberto para o café da manhã, almoço e jantar, o menu do Beach Break Cafe será mais acessível e oferecerá algo para todos, da gastronomia exclusiva a afetiva.

Queijo do Seridó embarca para competição na França nos próximos dias

Queijo do Seridó embarca para competição na França nos próximos dias

O legítimo queijo do Seridó do Rio Grande do Norte embarca nos próximos dias rumo à 4ª edição da Mondial Du Fromage – Et Des Produits Laitiers em Tours, na França, uma competição internacional de queijo. O queijeiro Lucenildo Firmino, de Tenente Laurentino, e a pesquisadora Adriana Lucena representarão o RN na competição que envolve 38 países. Nesta quinta-feira (23) eles se encontraram com a governadora Fátima Bezerra e o secretário Fernando Mineiro para agradecer o incentivo.

 

O Governo do Estado, por meio do projeto Governo Cidadão, está patrocinando a ida do queijeiro, enquanto Adriana está viajando com apoio do Sebrae. Convidada pela organização do evento para participar, Adriana escolheu o queijo de Firmino para representar o estado na competição, depois das premiações nacionais conquistadas por ele em 2017 e 2018 no Prêmio Queijo Brasil. A competição acontece entre 2 e 4 de junho próximos.

 

“É um orgulho muito grande poder levar o queijo do Seridó para a França, para que pessoas de todo o mundo conheçam. É um grande reconhecimento para nós produtores”, celebra Lucenildo, mais conhecido como Galego. Ele também é um dos beneficiados pelo Edital de Leite e Derivados lançado pelo Governo do Estado, com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, e nos próximos meses terá sua queijeira construída e equipada, prontinha para obter a tão sonhada certificação.

 

A governadora Fátima Bezerra registrou o orgulho de o Rio Grande do Norte ter um pequeno produtor levando seu queijo para um evento deste porte. “É uma honra saber que o Governo do Estado incentiva e apoia produtores como você e contribui de alguma maneira para desenvolver sua atividade. Parabéns por mostrar ao mundo inteiro o queijo do Seridó”, disse.

 

O secretário de Gestão de Projetos Fernando Mineiro foi um dos maiores defensores da ida do queijeiro até a França. “Incentivar o pequeno produtor, mostrar novos caminhos, abrir mercado são ações prioritárias para o governo quando se trata da agricultura familiar. Temos trabalhado para fortalecer nossos produtores e a participação em um evento como esse, depois de várias premiações nacionais, é um reconhecimento e também é fundamental”, acrescenta.

 

Saiba mais

 

O evento de alcance mundial é um marco na história do produtor, que coloca na rua 160 quilos de queijo de coalho diariamente. O item é produzido de maneira artesanal, na zona rural de Tenente Laurentino Cruz, com ajuda da esposa e de dois funcionários. Mas esse número vai mais do que dobrar quando a queijeira de Galego estiver construída e certificada.

 

O equipamento terá capacidade para processar até dois mil litros de leite, podendo ser em dois circuitos em turnos diferentes, totalizando quatro mil litros diários. O que na produção de Galego significa em torno de 360 quilos de queijo de coalho, além de uma pequena parcela de queijo de manteiga e manteiga de garrafa. Um dos maiores sonhos do produtor é ampliar mercado e conseguir eliminar a figura do atravessador de seu negócio.

 

Quando a nova queijeira estiver pronta, ele quer ampliar a produção e gerar mais empregos. “Hoje onde trabalho não é um lugar bonito de se ver, o ponto não é meu. Com esse projeto, abriu-se uma baita de uma porta, uma coisa que não sei nem explicar o que significa. Vou receber uma queijeira pronta, toda bonitinha, que eu só vou entrar pra fabricar meu queijo. É um sonho realizado”, comemora.

 

A queijeira Serra de Santana vai receber R$ 365 mil em investimentos, entre obras e equipamentos. No total, os recursos aplicados nas 39 queijeiras somam R$ 23 milhões e são oriundos do Edital de Apoio à Cadeia Produtiva do Leite e Derivados da Agricultura Familiar, lançado com intuito de dar apoio financeiro e técnico às organizações que produzem leite e derivados no Seridó.

 

O objetivo é a regularização sanitária das queijeiras por meio da adequação da infraestrutura, aquisição de maquinário e equipamento necessário, melhoria na logística do transporte, comercialização e capacitação dos funcionários da comunidade. A regularização é importante para que as cooperativas recebam o selo das instituições sanitárias vigentes: Serviço de Inspeção Municipal; Instituto de Defesa e Inspeção Sanitária (IDIARN); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

Fotos: João Vital

Blogs

Senac Idiomas - O mundo mudou, mude você também