Sabores Urbanos

20/08/2019 15:00

Raffe completa dois anos apostando no mercado cervejeiro natalense e do Nordeste

Raffe completa dois anos apostando no mercado cervejeiro natalense e do Nordeste

Com o boom da cerveja artesanal, não faltou gente que se sentiu animada para empreender e apostar no próprio rótulo. Foi pensando nisso que Adriano Miranda, Fernando Nóbrega e Raul Souza resolveram unir esforços e acabaram abrindo as portas da Cervejaria Raffe, fábrica e ponto de encontro semanal de cervejeiros.

Instalada há dois anos num galpão anexo a um posto de combustíveis, em Candelária, a Raffe produz atualmente oito mil litros de cerveja mensal. Além de abastecer o mercado cervejeiro local, onde computa mais de 120 pontos de distribuição, os rótulos da Raffe romperam fronteiras estaduais e já podem ser encontrados na Paraíba, Pernambuco, Ceará e Alagoas.

“Começamos com 2500 litros. No primeiro ano, já tínhamos uma demanda muito grande e já de início já decidimos pela expansão do parque fabril. A ideia é de que até o final do ano já estejamos batendo na porta dos 10 mil litros mensais, que é a capacidade total da fábrica”, explica Fernando Nóbrega.

Pelo menos nove rótulos de cerveja permanecem fixos na carta da Raffe: 084 Ipa, Ribeira Douple Ipa, Ludovicus Catharina Sour com Goiaba, Galega do Alecrim, Nísia Witbier, Mars Rover Amber Ale, Dark Sour of the Moon e Ponta Negra. No entanto, é comum serem apresentados cervejas especiais em datas comemorativas.

“Temos esse ambiente da fábrica onde a gente gosta de experimentar e usamos como uma espécie de laboratório. Então as cervejas de linha já passaram por aqui e hoje já têm uma certa maturidade no paladar do público, mas sempre que temos uma ideia nova, a gente faz uma ‘maluquice’ e disponibilizamos aqui e vemos como é o feedback da galera”, comenta Fernando.

Prata da casa

Com nomes inspirados na cultura local, a Raffe conta com a parceria do ilustrador Sandro Freitas, artista que assina os desenhos exclusivos dos rótulos da cervejaria. Nesse contexto, a predileção pela união de lúpulo, cevada e leveduras caminha de mãos dadas com o universo de Câmara Cascudo, bairro do Alecrim e com a praia de Ponta Negra. Nada mais potiguar.

Ser ou não ser?

Embora não se enquadre como um bar, o espaço para degustação existente na fábrica ganhou a simpatia dos frequentadores. No entanto, pensando na clientela (de bares) que compra os rótulos da Raffe, os sócios da cervejaria mantém o funcionamento do show-room em horário reduzido. “Não queremos ser concorrentes dos nossos clientes”, pontua Fernando.

“Quando montamos o plano de negócio, a ideia era só fabricar. Inclusive, tínhamos visto galpões mais distantes, como em regiões como Parnamirim, Ceará-Mirim. Chegamos a visitar um espaço em Neópolis, onde havia espaço para uma espécie de show-room e ficamos apaixonados por essa ideia. Quando encontramos o atual espaço mantivemos isso em mente”, reforça.

Conheça a fábrica e seus produtos pelo www.raffe.com.br

RAFFE ANO 2

Independência e chope!

Para embalar tanta cerveja boa, "sobem ao palco" as bandas Orquestra Boca Seca, tocando sua black music contagiante, e Covermen com o melhor do rock 90's (sim, você leu grunge). Além de discotecagem com Dj Magão. Para matar a fome, terão os burgers de "outro mundo" da Milliways e vários petiscos com a galera do Pirata Fritz. 

Compre aqui a senha da festa:

 https://www.sympla.com.br/raffe-ano-2__607179

 

 

 

24/07/2019 11:47

Cervejaria Cabocla anuncia instalação de "bar de fábrica" em Mossoró

Cervejaria Cabocla anuncia instalação de "bar de fábrica" em Mossoró

Em busca de expandir ainda mais a experiência do consumo de cervejas diferenciadas, a direção da Cervejaria Cabocla anunciou - para 2020 -  a abertura do seu bar de fábrica. A ideia é oferecer um espaço integrado que permitirá que os clientes degustem as cervejas vendo todo o processo fabril. Outra boa notícia é que nos próximos meses outro estilo de cerveja passará a integrar o cardápio, uma Índia Pale Ale (IPA), bebida com muito lúpulo (fundamental para o aroma e amargor) e teor alcoólico mais elevado que nas cervejas tradicionais. 

Hoje, a cervejaria conta com três estilos, uma representativa da escola inglesa do estilo Best Bitter e outras duas da escola americana, a American Lager e American Pale Ale (APA). Sua fábrica possui capacidade de produção de 4 mil litros, com potencial de expansão à cerca de 25 mil litros mensais.

A Cervejaria Cabocla surgiu em meados 2018, quando amigos se reuniram em sociedade e resolveram transformar um lazer em negócio. "Nós fazíamos cerveja em casa e, com a constatação da qualidade do produto final e a necessidade de termos na nossa cidade e região cervejas mais saborosas e aromáticas, demos início às atividades comerciais", declarou Yure Gurgel, um dos sócios da cervejaria.


Onde encontrar a cerveja Cabocla

Em Natal: 
- Boteco 294
- Somos cervejeiros
- Queijeira 504


Em Mossoró:
- Contêiner Cabocla/Komburguer
- Posto JP
- Xefis
- Supermercados Rebouças
- Forneria Paulista
- Fina Carne
- Komburguer Galpão
- Chico & Teta
- Israel Patisserie
- Tudo de Bão

14/06/2019 09:00

Paneer aposta na fusão da cozinha francesa e brasileira em receitas de brioches

Paneer aposta na fusão da cozinha francesa e brasileira em receitas de brioches

Depois de um ano inteiro atendendo a clientela de maneira informal, ofertando tortas, pãezinhos e brioches, Fernando Targino resolveu empreender. Nascia aí a Paneer Patisseria, uma charmosa casa de pães e doces, tendo como norte a fusão da culinária francesa e brasileira. “Nossa ideia é trabalhar com os pães de lá com os recheios de cá. Eu faço esse trocadilho”, brinca Fernando.

Dessa mistura, surgem, por exemplo, brioches com recheios variados: calabresa, carne de sol, frango, queijo de manteiga, tomate seco e azeitonas com laranja. Os preços variam entre R$ 15,00 e R$ 18,00, onde cada unidade pode servir até duas pessoas.  Pedindo um croissant (R$ 10,00, a unidade), o comensal ganha pequenos acompanhamentos, como geleia e queijo panner (queijo branco de origem indiana).

Além, de croissants e brioches, figuram ainda manteigas saborisadas (R$ 8,50, o pote), kits de geleias diversas (R$ 30,00), pastas (calabresa ou frango; R$ 12,00), e o queijo panner (R$ 17,50), iguaria que empresta o nome à casa. “Nossa ideia é que sejam poucos e bons”, afirma Fernando sobre a quantidade de produtos oferecidos.

Fornada

Do preparo da massa à disposição dos produtos na vitrine, Fernando está presente em todos os processos. Ele conta que a casa dispõe de três fornadas. De 11h30 a primeira, já que a Paneer inicia os trabalhos ao meio-dia. Por volta das 15h30, a segunda fornada, finalizando às 17h30, cerrando as portas por volta das 19 horas.

Serviço:

Paneer Patisseria | Rua dos Tororós, 2523 - Lagoa Nova | Aberto de segunda à sábado | 12h às 19h | Telefone: 99618-9927

https://www.instagram.com/paneernatal/

 

11/06/2019 09:00

Salute Funcional leva a praticidade de seus pratos para lojas e conveniências

Salute Funcional leva a praticidade de seus pratos para lojas e conveniências

Assinada pela nutricionista clínica funcional e esportiva, Denise Sá, a Salute Funcional passa a levar a praticidade dos seus pratos leves, congelados e saborosos para lojas e conveniências de Natal. Embora esse serviço tenha sido a razão de ser da Salute, só agora Denise está colocando em prática o novo modelo de negócio. Até então, os pratos preparados por ela eram comercializados diretamente para os seus consumidores. Mundo verde, Aliminimarket e Enteral Nutrition serão os primeiros endereços onde os pratos da Salute Funcional poderão ser encontrados.

Em embalagens de 240 gramas e 340 gramas que podem ser congeladas e levadas posteriormente ao forno, são oferecidas receitas como escalope de filé mignon ao funghi, tilápia na crosta de gergelim ao molho de frutas vermelhas ou isca de filé mignon ao molho gorgonzola. No cardápio, são privilegiados pratos low carb, com preços variando de R$ 14,90, no caso da lasanha de abobrinha, até R$ 23,90, quando o pedido for massa low carb com filé de camarão.

O menu é composto por 15 pratos, com opções de peixe, carne e frango, além dos espaguetes de vegetais que são montados de acordo com o gosto do cliente. “A Salute tenta trazer o máximo de sabor e saúde para o dia a dia das pessoas”, resume Denise Sá, que iniciou seu negócio a partir dos pedidos recorrentes de amigos/pacientes que solicitavam pratos de “dieta”. “E assim eu comecei. Produzindo para dois pacientes, depois três, quatro e quando vi já estava fazendo para quase 10 pacientes”, relembra.

Preparo

“Nossa comida é toda de preparo caseiro, cardápio com receitas criadas e elaborada por mim, com preparações livre de glúten e lactose”, afirma Denise Sá. À frente da cozinha do Salute, ela salienta que todos os molhos são de fabricação própria, como a base de castanha de caju, o molho de tomate caseiro e o pesto caseiro. “Usamos o mínimo de produtos industrialização e o máximo de ingredientes funcionais”, pontua.

“Fazemos questão de escolher sempre uma boa matéria prima, para que o resultado final seja realmente de qualidade! Além da praticidade e do sabor, temos como objetivo principal levar saúde para as refeições”, destaca Denise.

Delivery:

84 98181-8161

Siga: https://www.instagram.com/salutefuncional/

 

 

04/06/2019 10:08

Café + bike: Nanocafeteria leva cultura do café a feiras e eventos de Natal

Café + bike: Nanocafeteria leva cultura do café a feiras e eventos de Natal

O gosto por um dos grãos mais apreciados mundo afora fez com o que o casal Luiz Eduardo e Cláudia Araújo transformasse um hábito que tinham em comum numa maneira de ganhar dinheiro. Do apego pelo café, nasceu – em 2016 - o Florêncio, um “pequeno grande” negócio que busca difundir a cultura do café pelos lugares por onde passa.

A bordo de uma bicicleta, o casal aporta em feiras de artesanato, festas e eventos particulares comercializando espressos, capuccinos, lattes e machiattos. Os mais afoitos, porém, podem degustar misturas mais salientes. Há opções que levam uísque no preparo.

Recentemente, o casal passou a comercializar o café de marca própria. Em pacotes de 250 gramas, é possível apreciar o Florêncio do Cerrado (R$ 22,00). De sabor levemente frutado, acidez cítrica, doce, com notas de chocolate, nozes e aroma caramelizado, o café vem de Patrocínio, em Minas Gerais, mais precisamente da Fazenda Serra Negra.

De colheita manual, o Florêncio Caparaó (R$ 35,00), de acidez curta e prazerosa, apresenta notas e aromas de doce de leite, rapadura e ameixa. Da variedade Catuaí Vermelho, o Caparaó vem do município de Dores do Rio Preto, no Espírito Santo.

Florêncio

“O Florêncio Café é uma nanocafeteria montada de forma itinerante, em uma bike. Nosso café é de uma linha de grãos especiais, trazidos direto da fazenda. Nosso café possui selos internacionais de sustentabilidade e desenvolvimento socioambiental, como Rainforest Aliance e UTZ Certifield. Embora descartáveis, nossos copinhos são biodegradáveis. O trabalho do Florêncio, além de difundir a cultura do café, está ligado diretamente com projetos que promovam o convívio cívico dos espaços público da cidade”, explica Luiz Eduardo.

Serviço:

Florêncio Café: 84 99656-1162

https://www.instagram.com/florenciocafe/

29/05/2019 17:17

Glendoca aposta em sabores especiais em 30 receitas de pudins

Glendoca aposta em sabores especiais em 30 receitas de pudins

Quem pensa que a receita de pudim se resume a leite, leite condensado, ovos e açúcar, está muito enganado. Um exemplo disso são as iguarias que nascem das mãos da confeiteira Glenda Almeida. Inspirada pela sua mãe, dona Maria das Dores, especialista da versão mais tradicional do doce, Glenda oferece 30 sabores.

“São pudins com calda, gourmet e especiais, dentre esses, a nossa linha diet, light e sem lactose. Nosso diferencial é que ele é totalmente artesanal, desde a calda até a base, passando pelo cuidado na preparação, os diversos formatos e embalagens diferentes, como também a qualidade dos ingredientes que usamos. Cada pedido é único e personalizado. O resultado é um pudim cremoso, lisinho e como muito sabor”, pontua Glenda.

 Além das mini sobremesas, a Glendoca também faz versões de 1 kg sob encomendas. Para quem quiser encomendar, o contato pode ser feito através das redes sociais ou pelo telefone (84) 9 9904-2064.

 

Início

O que começou apenas com o intuito de adocicar reuniões de família acabou naturalmente se transformando num negócio. “Minha paixão por pudim vem desde a infância, onde a minha maior inspiração (minha mãe) fazia o pudim no sabor tradicional, que é uma receita de família. Comecei fazendo para eventos familiares, uma coisa amadora, já que fazia só o sabor tradicional. Então depois surgiu a ideia de profissionalizar e criar outros sabores”, relembra Glenda.

Encomendas:

telefone (84) 9 9904-2064

ou pelas redes socias: https://www.instagram.com/glendocapudim/

 

*O conteúdo deste blog não representa necessariamente a opinião do portal.